Observatório de Gestão Pública de Londrina deve passar por reestruturação em 2012

O Observatório de Gestão Pública de Londrina deve passar por um processo de reestruturação em 2012, com o aumento do número de pessoas para otimização e ampliação do conteúdo analisado. A linha de frente da entidade é a consulta das licitações e editais abertos pela Prefeitura Municipal de Londrina, verificando a legislação e interesse público.
O presidente do Observatório, Waldomiro Grade, acredita que a reestruturação é um processo natural e imprescindível. “Nós fizemos um trabalho conjunto com o Sebrae, que tem sido um parceiro muito eficiente, e programamos a nossa maneira de trabalhar. Quando a gente começa um projeto, começa atirando para todos os lados. Depois é preciso parar para pensar e aprender a focar melhor as atuações”, justificou.
Em 2011, Grade acredita que a entidade tenha observado cerca de 50% das licitações e editais abertos pelo poder público em Londrina, sendo que alguns deles foram questionados.
“Foi um ano muito positivo. Vale destacar nossa ajuda ao Ministério Público em uma intervenção bastante importante, que foi o caso do lixo. Nós intervimos diretamente no edital da capina, que ainda está pendente. Em relação à Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização (CMTU) ainda questionamos um edital de publicidade”, contou.
Segundo o presidente do Observatório, o volume de processos a serem analisados é muito grande, o que justifica a reestruturação. Com as mudanças, o trabalho da entidade deve crescer e para mostrar mais resultados em 2012.

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas