Obras prometidas contra cheias não saem do papel

Do Metro

cidades@eband.com.br
No verão passado, após as mortes e prejuízos causados pela chuva, o prefeito Gilberto Kassab prometeu colocar em andamento uma série de obras, anunciadas há vários anos, que poderiam reduzir os efeitos das enchentes. Mas, até agora, pouca coisa foi cumprida.

Na lista das promessas que nunca saem do papel estão os piscinões das praças 14 Bis e da Bandeira, no centro. As duas obras, que contam com recursos do BID desde 2004, tiveram as licitações abertas em 2009, mas não foram concluídas.

O mesmo ocorre com a construção de um reservatório na Vila Madalena. A obra, orçada em R$ 15 milhões, teve sua licitação concluída em 2008, mas nada foi feito até agora. A canalização do córrego da Ponte Baixa, que desde 2005 é incluída nos orçamentos, também continua sem qualquer sinal de execução.

O promotor Fernando Cesar Bolque deu prazo de 15 dias para que a prefeitura apresente a lista de 80 obras antienchente que o município alega ter executado nos dois últimos anos. “Vamos cruzar as informações e ver se um local que passou por obras alagou. Se isso ocorreu, vamos querer saber o porquê”.

A prefeitura diz que as obras não executadas já estão em fase de projeto ou entrando em execução nos próximos meses. Com relação à canalização do córrego da Ponte Baixa, o projeto, orçado em R$ 340 milhões, contará com financiamento do PAC 2.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas