Obras para a Copa já começaram em Brasília.

Trechos em construção, no entanto, não são os financiados pelo PAC da Mobilidade

Daniela Martins – Brasília
postado em 27/01/2010 17:54 h
atualizado em 27/01/2010 19:29 h

A capital federal deu o pontapé inicial para a Copa de 2014. As obras para facilitar o transporte na cidade já começaram. O Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) e a DF 047 já estão em construção e ampliação, respectivamente. No entanto, os trechos em obras não são aqueles que receberam financiamento do Governo Federal com o PAC da Mobilidade.

O projeto do VLT, uma versão moderna do conhecido bondinho, já existia antes da escolha de Brasília como cidade-sede dos jogos. Ele faz parte do programa Brasília Integrada, que pretende implantar o sistema integrado de transporte na cidade. Esse sistema ligará o Aeroporto Internacional Juscelino Kubitschek até o fim da Asa Norte. O PAC da Mobilidade financiou a compra dos trens e vagões, além dos custos do trecho que liga o aeroporto ao Terminal da Asa Sul, somando R$ 263 milhões. No total, a obra custará R$ 1,5 bilhão.

Está em construção, entretanto, o trecho que liga o Terminal da Asa Sul à 502 Norte, que tem um prazo de 18 meses para ficar pronto. Segundo a Companhia do Metropolitano do DF, responsável pelo VLT, depois desse período serão iniciadas as atividades no trecho financiado pelo PAC da Mobilidade.

O mesmo acontece com a reforma da DF 047. O trecho entre o Eixo Rodoviário Sul e o balão do aeroporto está em obras, mas aquele entre a rotatória e o aeroporto, que tem o financiamento de R$ 98 milhões do Governo Federal, ainda está em fase de elaboração do projeto. Posteriormente, será aberta a licitação para escolha da empresa que realizará a ampliação da via.

Segundo o gerente-adjunto do projeto da Copa de 2014 em Brasília, Sérgio Graça, o Governo Federal vai financiar através do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) iniciativas que terão impacto direto no transporte até os estádios de futebol. No caso da capital, o VLT e a expansão da DF 047 facilitarão a chegada do turista ao centro da cidade, onde fica o estádio Mané Garrincha, que dará lugar ao novo Estádio Nacional de Brasília.

Para Graça, o cronograma das obras está em dia e todas deverão ser entregues até o fim de 2013. Além disso, ele destaca que as obras beneficiarão quem mora e visita Brasília. “A Copa foi o mote para antecipar coisas que já teriam que ser feitas. Precisamos fazer [as obras] de forma que fique um legado para a sociedade”, afirma.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas