Obras: Licitações em 2010 ultrapassam R$ 30 milhões.

Na última terça-feira (26.01) o prefeito Nelson Trad Filho anunciou investimentos em novos projetos para Campo Grande, que somam R$ 76 milhões. Além da programação das inaugurações e ordens de início de serviço para este trimestre, Nelsinho vai autorizar no ano de 2010 o início do processo licitatório para execução de um conjunto de obras que totalizam R$ 30,4 milhões.

De acordo com o prefeito são projetos com recursos garantidos e que ficam prontos no decorrer de 2010. “Estes projetos significam mais infraestrutura nos bairros da nossa Capital, além de mais áreas verdes e novos equipamentos de saúde que vão beneficiar, diretamente, milhares de campo-grandenses”, ressalta o prefeito.

Infraestrutura – Dando seqüência às obras de infraestrutura urbana, a prefeitura investe na pavimentação asfáltica e drenagem de águas pluviais dos bairros da Capital. O resultado é a melhoria na qualidade de vida dos moradores de todas as regiões contempladas com as benfeitorias. Neste ano de 2010 o prefeito Nelson Trad Filho continua com os trabalhos de implantação de infraestrutura e abre licitação para execução das obras nos seguintes locais:

Drenagem e pavimentação asfáltica: Nova Esperança, Vila Nhanhá, Lote XI – Vila Saraiva, Lote XIII – São Benedito, Lote XIV – Rua São Nicolau e adjacências, Lote XV – Nossa Senhora Aparecida e Novo Horizonte, Lote XVIII – Jardim Ouro Verde, 2ª etapa do Taquaral Bosque, Bosque da Esperança e Arco Íris.

Praça das Águas – O projeto da Praça das Águas – um parque localizado entre as avenidas Afonso Pena e Ricardo Brandão, às margens do Córrego Prosa – custará R$ 2 milhões, financiados pelo Ministério da Integração. O local é considerado uma das regiões mais bonitas da cidade, onde as águas do Prosa deságuam na região do Conjunto Habitacional Cachoeirinha.

A área, em processo de urbanização, contará com trilhas, pistas de caminhadas, ciclovia e locais para contemplação da cachoeira. O projeto inclui também um moderno terminal rodoviário que será instalado nos dois lados da Avenida Afonso Pena, em frente ao Shopping Campo Grande.

Revitalização – Para atender os anseios dos freqüentadores e vizinhança da Praça do Peixe, no bairro Vilas Boas; praça do Parque do Sóter e Praça Ary Coelho, a prefeitura abrirá licitação para projeto de revitalização nestes locais, cujo projeto vai oferecer um ambiente ainda melhor para receber a grande demanda de crianças, adultos e idosos que freqüentam diariamente os locais para lazer e esporte.

Saúde – Com a construção de duas novas Unidades Básicas de Saúde da Família (UBSF), a prefeitura vai garantir aos moradores dos bairros Santa Emília, Jardim Batistão e região, mais conforto resultando na melhoria da qualidade do serviço de saúde.

Cada UBSF mantida hoje pela Prefeitura oferece em sua estrutura consultórios e salas para recepção, vacina, inalação, farmácia, curativo, procedimento, expurgo, esterilização, odontologia, reunião, administração com gerência, almoxarifado, depósito de materiais de limpeza, copa e sala para serviço social e múltiplo uso.

CEM – A Prefeitura Municipal de Campo Grande garantiu no mês de setembro do ano passado, a liberação de R$ 1,5 milhão (via emendas parlamentares) provenientes do Fundo de Investimento Social (FIS), para o projeto de revitalização do Centro Especializado Municipal (CEM), que vai permitir a ampliação da prestação de serviços médicos, em especial aos pacientes assistidos pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

O projeto para reforma do CEM prevê a substituição de toda a parte elétrica e hidráulica do prédio, além da aquisição de novos equipamentos. O secretário de Saúde adiantou que serão adquiridos para atendimento naquela unidade um novo aparelho de mamografia, instrumentos para melhorar a condição no atendimento do setor de ortopedia, além da compra de um equipamento para diagnosticar problemas respiratórios.

Hospital do Trauma – O projeto está orçado em aproximadamente R$ 7 milhões e a previsão é finalizar a construção do hospital em dezembro de 2010. A nova unidade hospitalar, que faz parte da Santa Casa, deve ter 128 leitos, 10 CTIs e seis salas cirúrgicas. As especialidades médicas oferecidas são a ortopedia, neurocirurgia, cirurgia torácica, cirurgia bucomaxilofacial e cirurgias gerais relacionadas a traumas. Atualmente, a Santa Casa realiza em torno de 800 cirurgias por mês referentes a traumas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas