Obras em São Joaquim a partir de junho.

A preservação da Feira de São Joaquim vai passar por uma prova de fogo com o início das obras de reforma e construção de novos equipamentos do complexo, em junho deste ano, como anunciado oficialmente na tarde desta segunda-feira, 29, no Clube da Codeba (Comércio), pelo secretário do Turismo, Domingos Leonelli. O secretário assegurou que o projeto, com recursos de R$ 36 milhões oriundos do Ministério do Turismo, tem como pressuposto básico, como ele descreveu, a conservação do “colorido caótico de São Joaquim”.
Leonelli garantiu ainda a manutenção dos cerca de 7.200 feirantes que atualmente trabalham na área. A Conder, executora da obra, vai atualizar o cadastro para a relocação de quem for afastado durante o trabalho.
As obras serão divididas em sete etapas, e na primeira serão relocados para o Clube da Codeba 590 feirantes que ocupam 290 boxes, barracas e pontos de venda na tradicional feira.
As demais etapas dependem das fases de licitação e contestação, mas o cronograma prevê a conclusão dos trabalhos em um prazo máximo de 18 meses. “Vamos trabalhar para recuperar um dos mais emocionantes monumentos da cidade, do ponto de vista cultural, social e econômico”, assegurou Leonelli.

Marjorie Moura,do A TARDE
Luciano da Matta / Agência A TARDE

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas