Obras do aeroporto em fase final de licitação

ANGRA DOS REIS
Na última sexta-feira, aconteceu a última audiência do processo licitatório para as obras de ampliação do aeroporto da cidade. A cerimônia foi realizada na sede do setor de licitação da prefeitura. Duas empresas estavam na disputa, que ainda não teve fim, porque uma das empresas estava devendo documentação. O resultado final desse processo deve terminar dentro de dez dias, quando será anunciada a firma vencedora.
Com o valor estimado em R$ 12 milhões, a obra deve ampliar o aeroporto municipal, elevando sua capacidade de pouso de aeronaves. “As obras constam de um aumento da pista de 913 metros para 1.080s metro em sua primeira fase. Isso ainda não permite a transição de aviões de médio porte. Na segunda fase, a pista chegará a1.360 metros, permitindo assim o tráfego dessas aeronaves. Temos também o balizamento de pista para operações noturnas, com uma estação de rádio para monitoramento de voo, com serviço de meteorologia. Nessa construção, teremos também uma seção contra incêndio. Para a viabilização desta obra serão empregados 70% de verba da união e 30% da prefeitura”, explicou o comandante e superintende do Angra Aero-Portos, Lindolfo Wüvzler.
Representante de uma das empresas concorrentes, Roberto Polidoro explicou o porquê do adiamento da decisão. “Na verdade, houve uma falha de nossa parte, pois deixamos de protocolar parte de um documento. Mediante isso, o chefe da licitação decidiu adiar a decisão. Cabe a nós entrar com um recurso junto ao setor de licitação. Eles podem ou não aceitar o anexo dos documentos restantes. Caso eles acatem, iremos concorrer à obra. Se isso não acontecer, a outra empresa ganhará o processo. Dentro de dez dias saberemos qual foi a decisão tomada. Estamos confiantes e esperamos o melhor”, explicou.
O representante da segunda empresa concorrente, Luiz Cláudio, considera que vencer essa licitação é muito importante. “Queremos ganhar esse processo, que será bom para a empresa e para a cidade. A nossa ideia é contratar funcionários da mão de obra local para efetuar o serviço”, comentou.
Estado assume construção do aeroporto
O secretário estadual de Obras, Hudson Braga, assinou na última sexta-feira, às 11 horas, com o prefeito de Volta Redonda, Antonio Francisco Netto (PMDB), na sede da prefeitura, a transferência da obra do aeroporto do Vale do Aço para a esfera estadual. O novo aeroporto receberá aeronaves de até 150 passageiros e tem como meta atender à grande demanda de passageiros dos municípios de Volta Redonda, Barra Mansa, Piraí e Porto Real.
O aeroporto será construído num terreno de 1,9 milhão de metros quadrados, no bairro Roma, que já foi desapropriado por um decreto do governo estadual. As obras estão em fase de preparação do terreno e terraplenagem e o investimento está em cerca de R$ 50 milhões. O prazo para a construção do novo aeroporto é de 12 meses.

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas