Obras da matriz devem começar em julho.

Agora sai do papel? Essa é a pergunta geral, quando se trata da restauração da igreja matriz de Nossa Senhora da Conceição, fechada há mais de quatro anos, aguardando as obras de recuperação. Ao que parece, finalmente os trabalhos serão retomados, até meados de julho. O prefeito José Milton, o promotor de Justiça, Glauco Pe regrino, o pároco, Padre José Maria, e os representantes da Gerdau Açominas, Carmine Sarao Neto, Jadson Gomes de Lima e Marco Túlio Martino, reuniram-se na manhã de sexta-feira, dia 30 de abril. Na ocasião, eles anunciaram, oficialmente, a liberação de recursos, por parte da empresa Gerdau, para a restauração da igreja.
De acordo com o Termo de Ajuste de Conduta (TAC), celebrado entre as partes, a Gerdau financiará a obra por meio da Lei de Incentivo à Cultura, a Lei Rouanet, que tem como foco a política de incentivos fiscais que possibilita às empresas (pessoas jurídicas) e cidadãos (pessoas físicas) aplicarem uma parte do Imposto de Renda (IR) devido, em ações culturais. Seguindo o cronograma previsto, a Gerdau realizará uma nova licitação para a contratação da empresa que ficará responsável pela execução da obra civil. A supervisão ficará a cargo da Arquidiocese.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas