Obra garantida para a Copa.

Viaduto da Plínio Brasil Milano com a Carlos Gomes será financiado para o Mundial de 2014

Uma importante intervenção viária na região de cobertura do ZH Bela Vista será concretizada nos próximos anos, dentro das obras previstas para a Copa do Mundo na Capital. O projeto do viaduto da Plínio Brasil Milano com a Carlos Gomes está garantido na lista dos financiamentos do governo federal para o evento esportivo, que se encontram em fase de contratação junto à Caixa Econômica Federal, segundo o coordenador de Financiamento Externo da Secretaria Municipal de Gestão e Acompanhamento Estratégico, Geraldo Luís Felippe.

O Plano Cicloviário do município também segue previsto, mas não devem ser construídas ciclovias na área dos bairros Bela Vista, Boa Vista, Três Figueiras e Mont’Serrat para a Copa. Outra alteração viária, a passagem de nível entre a Anita Garibaldi e a Carlos Gomes, saiu da lista. Porém, ainda, pode virar realidade.

– Há possibilidade de aumentar o valor do financiamento e incluir a obra da Anita com a Carlos Gomes – indicou Felippe.

A decisão de não incluir a Anita teve de ser tomada por uma questão de prioridades do chamado PAC da Copa. O secretário municipal de Gestão e Acompanhamento Estratégico, Clovis Magalhães, também não excluiu a realização da obra da Anita no futuro:

– A prioridade é o cruzamento da Plínio com a Terceira Perimetral, porque tem mais peso do ponto de vista da acessibilidade.

O viaduto da Carlos Gomes passará sobre a Plínio e terá corredores de ônibus no meio, nos dois sentidos. A eliminação das sinaleiras entre as duas vias promete dar mais fluidez ao tráfego na região.

– Na Plínio, ainda está se estudando a viabilidade de ter uma parada em cima, e isso muda um pouco o enfoque do traçado dele. Se não tiver parada, sai mais barato – ressaltou Felippe.

A obra da Plínio só será possível porque há uma parceria com o Centro das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul (Ciergs). A instituição doou o projeto, proporcionando tempo hábil para que o viaduto esteja pronto para a competição mundial de futebol.

Para o presidente do Ciergs, Paulo Tigre, a cooperação é fundamental para acelerar o processo de infraestrutura da Copa. Sem a doação, levaria “pelo menos mais seis meses”, apontou Felippe. Após a liberação dos valores, abre a licitação.

Pelo Plano Cicloviário, para a Copa do Mundo, devem ficar prontas somente ciclovias em áreas específicas, e a maior parte das obras será concretizada por meio de contrapartidas da iniciativa privada, conforme a EPTC.

– Nesse momento, não tem nenhuma prioridade para essa região. A área tem uma topografia um pouco prejudicial ao uso de ciclovias, que precisam de facilidade de circulação – analisou o gestor técnico da Secretaria Extraordinária da Copa de 2014, Newton Baggio.

Saiba mais
Viaduto da Plínio Brasil Milano com a Carlos Gomes
Custo básico: R$ 22 milhões
Extensão: 158 metros
Altura máxima: 5,2 metros
Início das obras: segundo semestre de 2011
Término: primeiro semestre de 2013
Fonte: Fonte: Geraldo Luís Felippe, coordenador de Financiamento Externo da Secretaria Municipal de Gestão e Acompanhamento Estratégico

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas