Obeliscos serão projetados sem licitação em Londrina

Juliana Leite

Mesmo sem abrir o processo de concorrência pública, a Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização (CMTU) vai contratar a empresa privada Goes e Pansardi Ltda para construir obeliscos nas entradas de Londrina. Na última terça (1º) a companhia publicou no Diário Oficial do Município o extrato de uma dispensa de licitação para a execução do serviço (projeto), estimado em R$ 13.800.

O presidente da CMTU, André Nadai, disse a contratação se refere aos projetos estruturais e complementares dos obeliscos. Ele disse não haver problemas na falta de licitação, uma vez que a lei vigente permite a ação para projetos em que o valor não seja elevado. “Não estamos fazendo nada fora da lei. Não há problema nisso”, disse.

Nadai acredita que os projetos complementares deverão ser apresentados em um prazo de até 30 dias. “Quando ficarem prontos vamos definir como será a licitação pra execução da obra”, afirmou, sem precisar quanto deverá ser empregado neste projeto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas