Novo hospital estadual é a primeira PPP do Estado no setor

Governador Alckmin assinou contrato, mas prazo para início das obras não foi divulgado

O sistema de Parceria Público-Privadas (PPP) é uma tendência na área da saúde, segundo o governador Geraldo Alckmin (PSDB). O chefe do executivo estadual apontou como uma necessidade do mundo moderno esse tipo de prestação de obras ou serviços, que reúne requisitos como “inovação e parceria”. O discurso ocorreu ontem, em Sorocaba, justamente na cerimônia de assinatura do contrato para a construção de um novo hospital estadual na cidade.
Alckmin ressaltou que essa é a primeira parceria público-privada na área de hospitais do Estado de São Paulo. “Com esse sistema economizamos 25%, que foi o desconto do consórcio que venceu a PPP”, conta.
A mesma medida adotada pelo governo estadual será colocada em prática pela Prefeitura. Uma audiência pública apresentou anteontem o edital e o projeto de PPP para a implantação e operação do Hospital de Clínicas de Sorocaba.
O objetivo dessa PPP organizada pelo município é a construção e operação dos serviços não assistenciais de um hospital de média complexidade, com 200 leitos do Sistema Único de Saúde (SUS), na região norte da cidade. O investimento estimado é de aproximadamente R$ 200 milhões.
Segundo Alckmin, o modelo de PPP oferece vantagens, entre elas o fato de os grupos empreendedores participarem das licitações com recursos necessários para implantação e equipagem do hospital. “Seguimos o apelo das manifestações de junho contra o uso de dinheiro público em estádio e querendo prioridade em saúde. Não colocamos nem um centavo em estádio e estamos investindo na saúde”, comenta.
A construção do novo Hospital Regional de Sorocaba será de responsabilidade da Construcap CCPS Engenharia e Comércio S/A. A empresa foi a vencedora da licitação realizada pelo governo de São Paulo no modelo de PPP. Não foi informado o prazo para o início da obra, que será finalizada até 2017.
O investimento para a unidade hospitalar é de R$ 248,4 milhões. O valor inclui a obra civil e os projetos, além de equipamentos médicos e mobiliários, tecnologia de informação, instrumentação cirúrgica e transporte. Esse segundo hospital regional de Sorocaba será construído em uma área de 37 mil metros quadrados doada pela Prefeitura, na altura do quilômetro 106 da rodovia Raposo Tavares (SP-270) – ao lado da Arena Multiúso.
A futura unidade contará com 250 leitos. Noventa e seis serão destinados à Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Haverá ainda dez salas cirúrgicas.
A empresa contratada irá operar o hospital por 20 anos e será responsável pela contratação de funcionários dos setores administrativo e operacional. Já a equipe médica e profissionais da saúde ficará sob a responsabilidade do governo do Estado. A unidade também contará com um serviço de diagnóstico por imagem completo, heliponto e um centro de ensino e pesquisa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas