Novo Fórum de Rio Claro deverá ser licitado em breve.

Casa Civil do Estado de São Paulo aprova valor final do convênio e abre caminho para a licitação da obra que é importante para o Judiciário e para o município.

O secretário da Casa Civil do Estado de São Paulo, Aloysio Nunes Ferreira Filho aprovou nesta quarta-feira, 20, fundamentado em manifestação favorável da Secretaria de Estado da Justiça e da Defesa da Cidadania, o valor final da obra do novo Fórum Cível de Rio Claro, fixado em R$ 9,5 milhões, já inclusa a contrapartida de 20% que cabe à prefeitura.

A decisão acelera os procedimentos em relação à construção da obra, que começou a ser negociada em meados de 2009 pelo prefeito Du Altimari. A área escolhida, com 35 mil metros quadrados, aproximadamente, fica na região da Bela Vista, vizinha à Universidade Estadual Paulista (Unesp).

As negociações coordenadas por Altimari, com participação efetiva de seus secretários de Obras, Ivan Falcão De Domenico, de Planejamento, Desenvolvimento e Meio Ambiente, Milton José Machado Luz e de Negócios Jurídicos, Gustavo Ramos Perissinotto, evoluíram bem a partir do aval das autoridades locais vinculadas ao Judiciário e de representantes abalizados da Unesp, que se interessaram pelo tema.

Num primeiro momento, o prefeito recebeu o apoio do secretário estadual de Meio Ambiente, Xico Graziano, pasta à qual a área pertencia. Este mobilizou sua equipe e cuidou de transferir a propriedade para a Secretaria de Estado da Justiça e da Defesa da Cidadania, posto que o terreno estava sendo reivindicado para uma obra afeita ao Poder Judiciário. Tanto Graziano como o titular da Justiça, Luiz Antonio Guimarães Marrey foram, então, decisivos para que o assunto caminhasse e tivesse o desfecho anunciado agora. Altimari lembrou, ainda, que o deputado estadual Aldo Demarchi acompanhou e apoiou as negociações encaminhadas.

Ao comentar a decisão, nesta quarta-feira, o prefeito Du Altimari confirmou que a notícia é auspiciosa. “Não tínhamos dúvida de que seríamos bem sucedidos nesta reivindicação porque a solução encontrada para a localização do fórum era a mais indicada e lógica”, disse. “Da mesma forma, contamos com o apoio dos secretários Graziano e Marrey, especialmente, que contribuíram muito conosco”, assinalou.

Altimari, ao lado do titular da Sepladema, Milton Luz, previu que com a definição final do valor do convênio, a prefeitura de Rio Claro aguardará, agora, o encaminhamento normal dos procedimentos no âmbito estadual. “A Secretaria de Justiça deverá cuidar de agregar o valor finalizado ao convênio e, na seqüência, enviar a documentação para a assinatura do prefeito Du Altimari”, explicou Milton. “Após esta etapa, será elaborada a licitação, que ficará por conta do município”, concluiu. “Começamos 2010 com fatos promissores para o governo municipal e os rio-clarenses”, saudou o prefeito.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas