Nova polêmica dos caças

Jobim adverte que Embraer, que manifestou preferência por jatos suecos, não tem poder em licitação. E nega que governo usará armas nucleares para defender petróleo do pré-sal

Rio – O ministro da Defesa, Nelson Jobim, criticou duramente a Embraer, que teria manifestado preferência pelos caças Gripen, da empresa sueca Saab, no programa FX2, na licitação do governo federal para comprar 36 aviões do tipo para o Brasil. “Não cabe à Embraer ter opinião a respeito desse assunto. Cabe ao governo brasileiro. E a Embraer não é parte do governo brasileiro”, afirmou o ministro, demonstrando irritação, em passagem pelo Rio de Janeiro, para participar da Conferência Internacional Nuclear do Atlântico.

As outras concorrentes são a norte-americana Boeing, com o caça F18, e a francesa Dassault, com o Rafale. Jobim destacou ainda que apesar de todas as demonstrações públicas de interesse, nenhuma dessas empresas concorrentes protocolou proposta até o momento. O prazo termina na próxima sexta-feira.

O ministro também demonstrou contrariedade em relação às declarações do vice-presidente, José Alencar, que defendeu armas nucleares para a proteção de fronteiras e reservas de petróleo do pré-sal da cobiça internacional.
“As observações que o senhor vice-presidente da República fez são observações que entram em sua posição especialíssima em termos de ter a manifestação de ideias próprias. Basta ver as recorrentes manifestações em relação a juros. É legítimo que faça manifestações e as afirme. Se a tivéssemos, seria ilegal, ilegítima e inconstitucional”, lembrou Jobim, ressaltando que há impeditivos jurídicos para isso, na Constituição Federal de 1988.

Por fim, ele negou que o Brasil apoiasse o programa nuclear do Irã, acusado de desenvolver bomba com tecnologia nuclear, que virou preocupação mundial. “Não devemos aplaudir nenhum programa com proliferação de armas nucleares”, complementou o ministro da Defesa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas