Nova adutora chega ao Residencial Estados Unidos.

Obras de substituição das adutoras já estão em andamento na região do Residencial Estados Unidos. O trabalho teve início na avenida Doutor José Maria dos Reis, próximo ao entroncamento com a Abel Reis, e o trânsito está parcialmente interditado no local, para a execução do serviço. Esta semana, outra equipe deve iniciar o serviço na rua 15 de novembro.

De acordo com a gerente executiva do programa Água Viva, Ana Luiza Bilharinho, para minimizar os transtornos à população, as equipes estão abrindo as valetas pela manhã para executar a troca dos tubos, e fechando no fim do dia, para não atrapalhar os moradores.

Quanto à reposição do asfalto, a arquiteta explica que é necessário ter 200 metros de via para a usina fornecer o mínimo do material. Ela acredita que até sexta-feira será feita a cobertura do trecho na avenida José Maria dos Reis.

Ana Luiza conta que a partir desta semana, mais uma frente entrará em operação na rua 15 de Novembro, seguindo para a renovação das adutoras na Osvaldo Cruz até a Leopoldino de Oliveira. Prefeito Anderson Adauto vai se reunir com a comunidade local na terça-feira, para explicar sobre as obras. No início de novembro, a gerente executiva conta que uma terceira equipe sairá às ruas, sendo destinada ao sistema de adutora da rua Espanha até o reservatório na avenida Delfim Moreira. “Estaremos indo de casa em casa, na véspera, para explicar que a equipe estará trabalhando na porta e dando instruções às pessoas”, acrescenta.

Paralelamente, a gerente executiva do Água Viva afirma que as obras no Parque das Barrigudas já estão praticamente concluídas. A arquiteta conta que houve alguns danos causados pela chuva, devido à queda de duas árvores, mas a estrutura está sendo recomposta e não vai interferir no cronograma. “Vamos preparar o terreno para receber novas barrigudas e vamos tratar as que estão lá, porque as árvores existentes estão brocadas”, salienta.

De acordo com Ana Luiza, resta apenas a instalação de alarme, detalhes de paisagismo, pintura e implantação da estrutura metálica do Centro de Estudos Ambientais (CEA), além da construção do meio-fio externo. “Temos prazo até fevereiro para terminar, mas a previsão é estar com tudo pronto antes do natal”, conta.

Quanto à licitação das obras dos interceptores de esgoto na região central, o edital foi lançado neste fim de semana. O projeto executivo da ampliação das galerias pluviais deve ser concluído este mês, viabilizando a contratação do serviço. Segundo a gerente executiva do Água Viva, a ordem de serviço das duas intervenções será dada simultaneamente, em vários trechos, para abrir o chão de uma só vez. A previsão é iniciar as obras em março de 2010.

Até agora, o Banco Mundial liberou R$ 2.213.772, 30 para o Água Viva. A contrapartida da Prefeitura foi de R$ 531.735,25 e o Codau entrou com R$ 100.734,30.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas