Município realiza projeto para pavimentar 60 ruas.

Guaramirim – O governo municipal está lançando licitação para contratar o levantamento topográfico e projeto de engenharia de 33 ruas da cidade, para futura pavimentação. O prefeito Nilson Bylaardt informou que a essas ruas outras 27 estão projetadas, mas pela equipe da Secretaria de Planejamento, totalizando 18 quilômetros de asfalto ou lajota.
De acordo com o prefeito, recursos existem nas esferas de governo, mas há a necessidade de projeto. A contratação dos serviços de engenharia visa acelerar o processo. As ruas são a Marciolino dos Santos, Izidio Roberto Freitas, Pedro João Raitz, Liberato Micheluzzi, Orlando Dias, Benjamin Girardi, João Antônio Batista, Ângelo Dalprá.
E mais a José Soares, Ermelinda Silveira da Cruz, Salvador da Cunha, 361, Vitor Marcarini, Ferdinando Campigotto Primo, Vitória Campigotto, João Melchioretto, Eugênio Umlauf, Tarcísio Rosa, Posidônio Rosa, João Benjamin Barbi, Rodolfo Aquilino Felippi, Henrique Guilherme Wulf, Artur Butschart e Romaldus Fischer.
A relação das 33 ruas fecha com a Amilton Francisco Rausisse (da Pedro Streit a Ervino Hanemann), Marginal da BR-280 (Posto Rudnick ao trevo do Guamiranga), Otto Lemke, Jaime
Bardin, 126, 127, Ferdinando Behrendt, José Nart e Arduino Satler.

Obras dependem de mais recursos financeiros – A pavimentação de algumas ruas será feita a partir do segundo semestre. O prefeito Nilson disse que algum recurso financeiro está garantido, resultado de emendas ao orçamento da União e que outras devem ser buscadas. “Estimamos que o custo fosse de R$ 12 milhões. Serão investidos recursos de emendas, convênios, a participação dos proprietários de imóveis lindeiros e Prefeitura”, comentou.
As ruas projetadas são indicações das associações de moradores, em sua maioria no Centro, Vila Carolina, Rio Branco, Vila Bruhmüller, Vila Freitas, Jardim Beira Rio, Recanto Feliz, Imigrantes, Vila Nova, Nova Esperança, Avaí, marginal da BR-280 e trecho da Bananal do Sul (da Ponte do Agricultor até a entrada do Tibagi).
O governo municipal também pretende recuperar ruas da Vila Progresso, melhorar a pista e implantar o acostamento da Rua Izídio Carlos Peixer (Ilha da Figueira), já com custo levantado de R$ 760 mil.
Para executar as obras de pavimentação a Prefeitura vai tentar também recursos ao Ministério das Cidades, além de outras fontes. “A razão de elaboração dos projetos é para que possamos correr atrás das verbas para execução”, comentou o prefeito.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas