MPF recomenda à Infraero reintegração de posse de hangar em Congonhas

SÃO PAULO – O Ministério Público Federal em São Paulo recomendou à Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária (Infraero), que realize imediatamente a reintegração de posse de um hangar, localizado nas imediações do aeroporto de Congonhas. Segundo informou hoje o MPF, o hangar em questão está cedido através de concessão pública à empresa Flamingo Táxi Aéreo.

“O MPF também recomendou à Infraero que realize, no prazo de 10 dias úteis, nova licitação para concessão do espaço que ficará vago em razão da reintegração”, afirmou o MPF, em nota.

A reintegração ocorrerá porque a empresa Flamingo Táxi Aéreo cedeu os direitos do imóvel a outras duas empresas, infringindo cláusula contratual. A Justiça Federal de São Paulo proferiu sentença favorável à Infraero em 30 de março de 2010.

A empresa de táxi aéreo apelou da decisão, mas o recurso foi recebido apenas com efeito devolutivo, ou seja, o assunto será novamente apreciado pelo Tribunal Regional Federal, mas isso não impede a imediata retomada do hangar.

A Infraero tem prazo de 10 dias úteis para encaminhar ao MPF uma resposta, por escrito, descrevendo as providências adotadas para o cumprimento da recomendação.

(Vanessa Dezem | Valor)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas