MP sobre fundo de investimento em infra-estrutura sai na próxima semana, afirma ministro das Cidades

BRASÍLIA – O governo federal publica, na próxima semana, uma Medida Provisória (MP) criando o Fundo de Investimento em Infra-estrutura, que atenderá principalmente a área de saneamento básico. Os recursos virão do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). O anúncio foi feito hoje pelo ministro das Cidades, Márcio Fortes.

A perspectiva do governo é de que o novo fundo disponibilize, anualmente, cerca de R$ 1,5 bilhão de recursos para “a cruzada que temos pela frente na questão do saneamento básico”. Segundo o ministro, são necessários R$ 10 bilhões anuais de investimentos no setor, “utilizando recursos de várias fontes”, para que em 2024 o país tenha toda a população atendida com água potável, coleta de lixo nas cidades, tratamento de esgotos e construção de obras na área.

Os recursos, acrescenta Márcio Fortes, virão do novo fundo em infra-estrutura, do Orçamento Geral da União (OGU), das Parcerias Público Privadas (PPPs), das operações de mercado, e de “outras frentes” que serão criadas para se chegar ao esperado investimento anual de R$ 10 bilhões. “Isso terá que ser feito ao longo dos anos para resolvermos a situação de várias vertentes na área de saneamento básico”.

De acordo com o ministro, no próximo dia 22 o presidente Luiz Inácio Lula da Silva lançará uma série de medidas fiscais que beneficiarão tanto o setor de saneamento quanto o de habitação. Ele não quis adiantar pontos do pacote.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas