Motoristas pedem pavimentação em rodovia de Capão Bonito

Produtores afirmam que falta de asfalto coloca em risco as mercadorias.
Levantamento da CNT aponta a SP-250 como uma das piores do Estado.

Motoristas pedem pavimentação em rodovia de Capão Bonito

A falta de pavimentação na rodovia Sebastião Ferraz de Camargo (SP-250) deixa o  tráfego comprometido na região de Itapetininga (SP). Segundo os produtores rurais, um trecho de 30 quilômetros da pista, entre Capão Bonito (SP) e São Miguel Arcanjo (SP), não está asfaltado e coloca em risco as mercadorias transportadas por eles devido ao excesso de buracos e poças de água.

De acordo com a Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp), o projeto para a revitalização dos 30 quilômetros da rodovia já foi aprovado pelo governo do Estado. Em nota, o Departamento de Estradas de Rodagem (DER) informou que os editais de licitação para o início das obras devem ser divulgados em abril deste ano.

Dirceu Manoel, que produz cereais na região, comenta que a pista, que já serviu como ligação entre o estados de São Paulo e Rio Grande do Sul, se encontra abandonada atualmente. Ainda segundo ele, o trecho põe em risco tudo que foi colhido. “Todo nosso trabalho pode ser perdido pela má condição da estrada”, afirma.

Para Dirceu, as obras já deviam ter sido feitos na SP-250. “Não saiu do papel. Os responsáveis ficam nessa conversa e nada é feito. O que gostaríamos é que as obras fossem feitas. Chega de sofrimento”, relata.

O grande número de buracos nos 30 quilômetros de estrada também é criticado pelo produtor de milho e trigo Gérson Francisco do Nascimento. “Na estrada só encontramos buracos, um maior do que o outro. Os caminhões chegam a ficar presos nas pistas da SP-250”, fala.

Motoristas pedem pavimentação em rodovia de Capão Bonito
Produtores rurais pedem pavimentação na rodovia
(Foto: Reprodução/TV TEM)

Dados ruins
Em levantamento realizado pela Confederação Nacional do Transporte (CNT), a rodovia foi considerada uma das piores do Estado de São Paulo. Conforme os dados apresentados em 2014 e 2015, a rodovia Sebastião Ferraz de Camargo reúne uma série de fatores ruins.

A pesquisa feita pelo órgão analisou quatro fatores: estado geral; pavimento; sinalização; e geometria da via. Entre as avaliações, a via tirou nota ruim em estado geral e pavimento, regular em sinalização e péssimo em geometria da via.

Durante recente visita, o governador Geraldo Alckmin (PSDB) prometeu investir R$ 354,9 milhões para a realização dos serviços na rodovia. O recurso para as obras será proveniente de financiamento junto ao Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas