Miguel de Souza terá que se explicar no Dnit

O diretor geral de Planejamento e Pesquisa do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), Miguel de Souza, precisará dar explicações ao comando do órgão sobre a antecipação do resultado da licitação para a construção da ponte sobre o rio Madeira.

O problema começou quando, na última quinta-feira (4), o deputado federal Lindomar Garçom (PV) disse que a empresa N. Martins venceria a licitação.

Acontece que os envelopes contendo as propostas só foram abertos na sexta-feira (5), pela manhã. Pelo que se sabe, o deputado Garçom nunca tinha demonstrado dons de vidente.

Miguel de Souza ainda teria telefonado para jornalistas de Porto Velho, pedindo para que não ficassem mencionando a antecipação do resultado.

Mesmo assim, o fato acabou gerando transtornos e agora Miguel terá que dar explicações.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas