Mercado de Moc agora é também ponto de encontro de internautas.

José Wilson Santos
Colaboração para O NORTE

Além de ser um ponto de encontro dos norte-mineiros e uma referência no que diz respeito a produtos, comidas e bebidas típicas regionais, no Mercado Municipal Christo Raeff está instalado um dos modernos telecentros que a Prefeitura de Montes Claros disponibiliza para a comunidade, na cidade e zona rural. São computadores de última geração para quem precisa pesquisar na Internet, fazer trabalhos escolares ou simplesmente adquirir as primeiras noções de computação, em cursos rápidos. Tudo de graça.

O telecentro funciona das 8 às 18 horas, no lado esquerdo do hall de entrada, para quem chega pela porta principal, à rua Marechal Deodoro. O local é isolado por divisórias de vidro, o que garante privacidade e tranquilidade aos usuários. E tem instrutores à disposição, para esclarecerem dúvidas e auxiliarem na operação dos equipamentos.

Não é necessário marcar horário com antecedência. O telecentro está à disposição de qualquer pessoa, mesmo aquelas que não têm intimidade com computadores e querem aprender a utilizar a máquina – cuja operação, hoje em dia, é essencial no curriculum de quem almeja ingressar no mercado de trabalho.

O Mercado Municipal Christo Raeff, comprovadamente, oferece muito mais que hortifrutis e outros produtos para feira. Lá se encontra informações sobre turismo na região, telecentro de informática e uma fartura em artesanato e produtos típicos do Norte de Minas, como farinha de mandioca, queijos, requeijões e finas aguardentes dos mais afamados alambiques da região, como os de Salinas. Tem lojas e, principalmente, bares e cantinas que ficam lotados, literalmente, aos finais de semana. Também tem restaurantes populares com excelente comida caseira, a preços diferenciados. Sem falar de cajá, cagaita, umbu, sirigüela e tantas otras frutas típicas.

É por isso que cada vez mais montes-clarenses frequentam o mercado. E essa movimentação ficará ainda mais intensa a partir da revitalização daquele logradouro, que ganhará até espaço para a cultura – o que significa que uma série de eventos artísticos e culturais serão realizados ali. “O mercado é o prédio público de Montes Claros que mais recebe turistas”, frisa o secretário Roberto Mauro Amaral, destacando que a comunidade está redescobrindo o local.

Segundo o secretário, o projeto de revitalização já foi elaborado e encampa soluções encontradas em mercados populares de várias partes do país. “A obra agora vai para licitação e deverá sair do papel ainda neste primeiro semestre. O Christo Raeff será referência em Minas e orgulho para nós, montes-clarenses. O mercado ficará um brinco”, frisou Roberto Amaral.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas