Medicamentos voltarão a ser dispensados nas Unidades de Saúde de São Mateus

Quem garante é o Secretário Municipal de Saúde, Eduardo Ribeiro Moraes que, atendendo a um requerimento de vereadores esteve na Câmara para prestar esclarecimentos

Ainda este mês, as 29 Unidades de Saúde de São Mateus, região Norte do Estado, voltarão a entregar medicamentos para a população. Atualmente, só é possível fazer a retirada dos remédios na Farmácia Básica e com a autorização de um farmacêutico.
“Estudamos com nosso jurídico e entendemos que a dispensa de medicamentos que não são controlados pode ser feita nas Unidades de Saúde. Desta maneira, reduziremos o movimento na Farmácia Básica, melhorando o atendimento”, explicou o secretário de saúde, Eduardo Ribeiro, que participou da Sessão do dia 04 com o intuito de prestar esclarecimentos sobre os serviços de saúde ofertados pelo município.
Eduardo afirmou ainda que a secretaria planeja alugar um novo ponto para as instalações da Farmácia Básica e que ainda este mês a lista de medicamentos oferecidos pelo município passará de 131 para 200. “Ainda esta semana deve chegar alguns remédios que estavam faltando na Farmácia”, completou.
Para o secretário, parte da ineficiência dos serviços de saúde prestados pela municipalidade é decorrente do número de usuários de outros municípios. Além disso, 80% da demanda que chega ao Pronto Atendimento deveria ser direcionada para o Hospital Roberto Silvares. “O que provocará certo equilíbrio no atendimento será o funcionamento da Unidade de Pronto Atendimento (UPA)”, frisou. Eduardo explicou que o gerenciamento da unidade será repassado ao governo do Estado por meio de um convênio e o município ficará com a contrapartida de ceder médicos e fazer a aquisição de materiais. A previsão é de que a UPA entre em funcionamento em outubro.
Já a reforma e ampliação da US3 está garantida com o recurso de R$2,4 milhões de emenda parlamentar do Dr. Jorge Silva. “Conseguimos entregar toda documentação exigida dentro do prazo. A contrapartida do município será de R$200 mil”, disse.
Mudanças também estão previstas na Secretaria de Saúde. Eduardo relatou que metade das vagas do transporte de pacientes que precisam se deslocar até Vitória para tratamentos médicos são utilizadas por acompanhantes. “A nova política de acompanhantes terá critérios. Apenas idosos, crianças, gestantes e casos especiais terão direito ao acompanhante. O que percebemos é que algumas pessoas “pegam carona” no ônibus da saúde e quem realmente precisa fica sem o direito de usar o benefício”, frisou Eduardo.
A boa notícia é que, segundo o secretário,10 novos veículos foram adquiridos pela Secretaria de Saúde, entre eles três ônibus e três ambulâncias. “O material médico que estava faltando já está nas unidades e no próximo dia 11 faremos a licitação do material permanente”, salientou.
Questionado sobre o funcionamento da Clínica Municipal de Fisioterapia, Eduardo adiantou que o município vai credenciar clínicas particulares para o atendimento da população que necessitar o serviço. O pagamento às clínicas será feito de acordo com a tabela SUS.
As informações são da Câmara Municipal de São Mateus.
 
 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas