Marinho inaugura maquete de novo hospital.

O prefeito de São Bernardo, Luiz Marinho (PT), inaugurou ontem a maquete do futuro Hospital de Clínicas da cidade, que será construído na Estrada dos Alvarenga. A previsão é de que a unidade fique pronta em 2012 e tenha capacidade mensal para atender de 5.000 a 7.000 pessoas e fazer de 800 a 1.000 internações.
O projeto prevê que o hospital, que atenderá pelo SUS (Sistema Único de Saúde), seja referência regional em neurocirurgias, tratamento de ortopedia e atendimento de doenças cardiovasculares. “Essas áreas são onde estão o gargalo no atendimento público de Saúde”, afirma o secretário municipal de Saúde Arthur Chioro.
“Isso não acontece apenas em São Bernardo. Quando os sete secretários de Saúde da região se encontram e perguntam quais os principais problemas, as respostas são: (falta de) referência em neurocirurgia, trauma e (cirugia) cardiovascular”, diz. A cada dez pacientes com problemas neurológicos em São Bernardo, apenas dois são tratados no município, segundo o secretário.
Com relação ao atendimento de ortopedia, seis em cada dez moradores de São Bernardo são encaminhados para outras cidades. A construção do Hospital de Clínicas deve diminuir esses índices, na opinião de Chioro.
Outro problema que deve ser resolvido é o déficit de leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva). Está prevista a construção de 180 leitos de internação e 60 leitos de UTI – 40 para adultos e 20 para crianças. Atualmente, os hospitais da cidade oferecem 457 vagas de internação e 52 de UTI.
A previsão da Prefeitura é de que alguns serviços entrem em funcionamento após a inauguração da unidade médica, como o sistema de transplantes, medicina nuclear e hemodiálise. O edifício de 11 andares será erguido em um terreno de 18 mil metros quadrados doado pela Sociedade São Vicente de Paulo, que atualmente mantém asilo para 80 idosos.
“Os idosos não vão precisar sair do asilo durante as obras”, conta o prefeito Marinho. “Devemos soltar a licitação assim que estiver tudo certo com o financiamento da Caixa (Econômica Federal). As obras podem começar em agosto.” A construção deverá custar R$ 102 milhões. Outros R$ 30 milhões devem ser gastos com equipamentos.
Prefeitura planeja reestruturação da Saúde até final do mandato
A inauguração do Hospital de Clínicas de São Bernardo deve gerar uma reestruturação no serviço público de Saúde da cidade até 2012. O HMU (Hospital Municipal Universitário) atenderá apenas mulheres. O Hospital de Ensino Anchieta será destinado a pacientes com câncer. O Pronto-Socorro Central será transformado em Hospital de Urgências e Emergências, segundo a Prefeitura.
“A Saúde é considerada pela população como o problema mais grave da cidade. Em uma pesquisa aberta, mais de 50% da população disse que a rede pública precisava de melhoria”, afirmou o prefeito Luiz Marinho (PT). “O prioritário é tirar os leitos de clínica médica que estão no HMU para ele se tornar só Hospital da Mulher”, opina o secretário municipal de Saúde Arthur Chioro.
“Hoje, por exemplo, não conseguimos fazer mais partos no HMU porque ficamos com internação de clínica médica. Mandamos um terço dos partos para outras cidades, e não são partos de alta complexidade. Não faz sentido sobrecarregar Mauá e Santo André para parto normal”, diz. Segundo Marinho, cerca de 30% das mães de São Bernardo têm filhos fora da cidade.
A Prefeitura prevê a construção de mais três UPAs (Unidades de Pronto Atendimento) até o fim do ano e a reforma de 29 das 32 UBSs (Unidades Básicas de Saúde) até o fim do mandato. “A situação é tão ruim que na maioria dos postos são reformas gerais, que deixarão a unidade fechada por três ou quatro meses”, afirma Chioro. A licitação para reparos em três UBSs deve ser lançada até o fim do ano.
REFORMA NO ASILO – Como contrapartida pela doação do terreno onde será construído o Hospital de Clínicas, a Prefeitura de São Bernardo vai reformar o asilo mantido pela Sociedade São Vicente de Paulo, onde vivem 80 idosos. “Eles não precisarão sair durante a reforma e a obra do hospital”, afirma Marinho. Serão criadas pelo menos 20 outras vagas no abrigo.

Tiago Dantas
Do Diário do Grande ABC

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas