Manaus deve ficar mais de um mês sem radares eletrônicos.

Contrato com atual empresa não será renovado.
Prefeitura pretende instalar radares mais modernos na cidade.

Do G, em São Paulo

Trinta e nove radares eletrônicos, conhecidos como ‘corujinhas’, que fiscalizam o trânsito em Manaus (AM) serão substituídos por modelos mais modernos. Segundo a assessoria de imprensa da prefeitura, o contrato com a atual empresa que fornece os equipamentos chegou ao fim e não será renovado. Uma nova licitação será feita para a contratação do serviço.

Ainda de acordo com a prefeitura, os atuais radares serão desativados em até duas semanas. O prazo para que uma nova empresa seja contratada é de 70 dias. Portanto, a cidade ficará mais de um mês sem nenhum radar.

Atualmente 34 radares fixos e cinco móveis fiscalizam os motoristas. A intenção da prefeitura é instalar lombadas eletrônicas, equipamentos mais visíveis e que indiquem a velocidade ao condutor.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas