Mais de 40 mil têm ‘sábado de seca’ em Bauru

Funcionários da Divisão Técnica do DAE realizaram nesse sábado (29) novos reparos na adutora da avenida Comendador José da Silva Martha, que liga a Estação de Tratamento de Água (ETA) ao reservatório da Praça Portugal e se rompeu duas vezes no mesmo dia. Os serviços terminaram por volta das 14h, contudo, moradores de diversos bairros da cidade, principalmente da região central, sofreram com a falta d’água no sábado inteiro.
Conforme o JC noticiou, a adutora se rompeu na sexta-feira. Os serviços foram finalizados às 18h15 do mesmo dia, contudo, duas horas depois, a tubulação voltou a vazar na mesma quadra, poucos metros acima. Foi preciso substituir 25 metros da adutora.
Com isso, o abastecimento do Altos da Cidade, Centro, Jardim América, Jardim Europa, Vila Universitária, Jardim Aeroporto, Jardim Estoril e região do Shopping ficou prejudicado. A previsão era de que a normalização ocorresse só na madrugada de hoje. Neste sábado, muitos leitores entraram em contato com o JC para reclamar das torneiras secas.
De acordo com o DAE, são 42 mil pessoas somente nos bairros afetados, sem incluir aquelas que trabalham no comércio. Contudo, a autarquia destaca que em alguns locais não foram atingidos por inteiro pelo desbastecimento, como no Jardim América.
HÁ MAIS DE 50 ANOS
O presidente do DAE, Eric Fabris, explicou que esta adutora foi implantada há mais de 50 anos e é feita de fibrocimento, material frágil. Ele lembra que, na sua primeira administração à frente do DAE, há mais de 20 anos, foi iniciada a substituição dessa tubulação por tubos de ferro dúctil no trecho de maior pressão, na região da linha férrea. “Infelizmente, não houve continuidade nessa tubulação e, hoje, nós enfrentamos sucessivas rupturas”, lamentou.
Entretanto, o presidente do DAE informa que já solicitou à Diretoria Técnica um levantamento sobre a metragem de tubos que restam para serem substituídos e a imediata licitação para a aquisição desse material para que essas interrupções decorrentes desses vazamentos não mais ocorram no futuro. “A previsão é que essa licitação transcorra ainda nesse segundo semestre e até o final do ano nós possamos iniciar as obras para refazer essa adutora”, finalizou Fabris.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas