Lula e Jaques Wagner lançam edital da Ferrovia Oeste-Leste.

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o governador Jaques Wagner lançaram no dia 26 de março de 2010, em Ilhéus, na Bahia, o edital de licitação para construção da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol). Ilhéus é o ponto final da ferrovia, que sai de Figueirópolis, no estado do Tocantins, e percorre 1,4 mil quilômetros, até chegar ao mar.

No caminho, ela passa por 32 municípios baianos e cruza o estado de ponta a ponta, no sentido oeste-leste. A Fiol também liga a Bahia a outros estados, através do cruzamento com a Ferrovia Sul-Norte, que terá 3,1 mil quilômetros, entre o Pará e São Paulo.

FERROVIA SERÁ REALIDADE EM 2012

O edital de licitação vai escolher as empresas que farão os 14 lotes da construção de Ferrovia Oeste-Leste (Fiol), considerada uma das principais obras de infraestrutura do Brasil. A previsão é de que a primeira etapa da construção da ferrovia esteja concluída no primeiro semestre de 2011, a segunda no primeiro semestre de 2012 e toda a ferrovia até o final de 2012.

“Esta é uma data histórica para a Bahia. Há exatos cem anos uma ferrovia chegava à cidade e estamos, hoje, assinando a licitação para o início de uma das obras mais importantes do país”, afirmou o diretor da Valec, Francisco Neves, que destacou ainda a “mudança na matriz do transporte brasileiro, a partir de uma nova plataforma logística em Ilhéus”.

Entre os presentes, estavam também a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, a secretária da Casa Civil, Eva Chiavon, o secretário de Planejamento da Bahia, Walter Pinheiro, entre outras autoridades.

Ilhéus é o ponto final da ferrovia, que sai de Figueirópolis, no estado do Tocantins, e percorre 1,4 mil quilômetros até chegar ao mar, entrando na Bahia pelo município de São Desidério, na região oeste. No caminho, ela passa por 32 municípios baianos e cruza o estado de ponta a ponta, no sentido oeste-leste. A Fiol também vai interligar a Bahia a outros estados, pelo cruzamento com a Ferrovia Sul-Norte, que terá 3,1 mil quilômetros, entre o Pará e São Paulo.

O projeto da Ferrovia Oeste-Leste foi desenvolvido pela Valec Engenharia, Construções e Ferrovias S.A., empresa do Ministério dos Transportes (MTE) especializada na construção de ferrovias. Ele foi inspirado no projeto desenvolvido pelo engenheiro baiano Vasco Neto, há cerca de 50 anos. Para realizar a construção, a obra foi dividida em três etapas: a primeira, entre Ilhéus e Caetité, terá 530 quilômetros, a segunda, entre Caetité, Barreiras e São Desidério, 413 quilômetros, e a terceira, de São Desidério a Figueirópolis (TO), 547 quilômetros.

FONTE

Agecom Bahia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas