Lombadas eletrônicas ficarão desligadas até nova licitação

O superintendente municipal de Transporte e Trânsito de Maceió, José Pinto de Luna, anunciou, nesta sexta-feira, em entrevista coletiva à imprensa, que as lombadas eletrônicas instaladas em diversos pontos de Maceió devem ficar desligadas cerca de dois a três meses, até que a licitação para contratação da nova empresa responsável pela manutenção dos equipamentos seja concluída.

Durante esse período, no local onde hoje estão instaladas as lombadas eletrônicas, a Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT) vai usar redutores de velocidade físicos, fixados no asfalto, para obrigar a respeitarem os limites de velocidade.

Pinto de Luna explica que uma nova empresa será contratada porque a atual não tem mais um contrato válido e em vigor com o município. Segundo ele, a empresa que hoje presta o serviço de manutenção das lombadas eletrônicas está “descoberta de contrato”, e o pagamento a ela vinha sendo feito por meio de indenização.

“O correto é que o pagamento seja feito por meio de empenho, e não por indenização. Um procedimento que era pra ser exceção acabou virando uma regra. E isso vinha ocorrendo desde o ano de 2006”, revela o superintendente.

Pinto de Luna adianta, também, que o mesmo procedimento será adotado com a empresa responsável pela manutenção dos semáforos da capital.

por Roberto Lopes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas