Licitações das obras de Cuiabá para a Copa terão acompanhamento

Auditoria Geral do Estado e Procuradoria Geral do Estado serão responsáveis pelo trabalho

Da redação – São Paulo

O governador do Mato-Grosso, Silval Barbosa, anunciou ontem (20) que as licitações das obras relacionadas à Copa de 2014 serão acompanhadas pela Auditoria Geral do Estado (AGE) e pela Procuradoria Geral do Estado (PGE).

De acordo com o governo, o objetivo é que os prazos sejam cumpridos e haja transparência na preparação da cidade para o Mundial. “A AGE e PGE darão segurança jurídica aos trabalhos”, afirmou o governador ontem, durante inauguração da sede da Agência da Copa em Cuiabá (Agecopa).

A AGE e a PGE terão contato direto com os contratos vinculados ao Mundial. A equipe já foi nomeada.

Desapropriações
Barbosa também apontou a necessidade de uma vara específica para tratar das desapropriações. O pedido deve ser analisado nos próximos dias pelo presidente do Tribunal de Justiça de Mato Grosso.

“Teremos que fazer um levantamento dos locais que serão desapropriados para depois sabermos os valores. Temos que ver a capacidade de financiamento do estado, já que não existe financiamento para isso do governo federal. Mas já adiantamos que uma obra de interesse coletivo se sobrepõe qualquer interesse particular”, disse o governador.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas