Licitação para Informática é Encaminhada aos Peritos do Ministério Público

São analisados contratos de prestação de serviços, compra de computadores

Licitações para informática abertas pela Prefeitura de Catanduva, foram encaminhadas aos peritos do Ministério Público para verificação dos valores. Esse é o andamento do inquérito civil instaurado pela Promotoria em 18 de dezembro do ano passado, que investiga suposto superfaturamento e possível improbidade administrativa do prefeito Geraldo Vinholi.
O inquérito foi instaurado depois de denúncias feitas pelos parlamentares de a Prefeitura ter a estimativa de gastar R$ 18 milhões com o setor de informática.
Dentre os representados, além de Vinholi está o ex-coordenador de informática, Richardson Leão e as empresas contratadas.
De acordo com o promotor André Luiz Nogueira da Cunha, já foram ouvidos servidores da prefeitura e ainda aguarda pesquisa de preços e a análise dos peritos, versados em informática, de São Paulo.
No ano passado, o vereador Cidimar Porto (PMDB) alertou os vereadores sobre a Prefeitura gastar cerca de R$ 18 milhões em contratos de prestação de serviços, compra de computadores e construção de uma sala cofre para servidores.
Em apenas uma concorrência, a Prefeitura iria pagar a uma empresa de Vitória, no Espírito Santo, quase R$ 5 milhões em prestação de serviços de informática, que o parlamentar afirma ser desnecessário, já que o setor possui servidores capacitados para a realização do trabalho.
“Me assustei com o sistema e o valor que foi feito, além de ficar a dúvida se houve necessidade. O setor, no passado, dava conta de toda a instalação e manutenção. Neste ano, o prefeito trouxe um rapaz de Vitória chamado Richardson que elaborou um edital de serviço técnico para 12 meses com valor de R$ 4.927.500, 00. Ao analisar o edital e a Ata vi que era de serviços, o serviço que os funcionários realizam, memorial descritivo de 80 páginas. Fórmulas para cá, para lá, criou-se uma unidade, que são horas trabalhadas. De baixa, média e alta complexidade. Para administrar usuário, criar senhas, é pra fazer os que os funcionários já fazem”, afirmou o parlamentar.
Depois da denúncia feita, Richardson Leão elaborou boletim de ocorrência. Leão também pediu exoneração do cargo que ocupava.
O ex-diretor de informática da Prefeitura de Catanduva, Richardson Leão, elaborou boletim de ocorrência de calúnia e difamação contra o vereador Cidimar Porto (PMDB), depois de denúncias feitas sobre os contratos para prestação de serviços de informática e a compra de novos computadores.
Leão, que afirmou ter pedido exoneração por motivos pessoais – problemas de saúde enfrentados por familiares – afirmou que sua saída do governo não tinha ligação com as denúncias feitas pelo parlamentar. “Achei bastante desagradável e constrangedor. Ele não tem total conhecimento”, disse.
O ex-diretor afirmou ainda que se tratava de perseguição depois dele ter descoberto irregularidades dentro do setor. “Tudo isso começou a acontecer depois que encontrei algumas irregularidades. Detectei que o departamento mantinha processos irregulares, que deixa claro desvio de dinheiro público. Contratos para compra de softwares onde percebemos que a empresa não atendia as especificações. Foi pago por um serviço que não foi prestado e que depois, esses esquemas foram descobertos, que isso tudo começou”, afirmou em entrevista para O Regional, no ano passado.
Leão não quis entrar em detalhes sobre as irregularidades encontradas e afirmou que pretende acionar Ministério Público e até mesmo Polícia Federal por ter recursos federais liberados para este fim. “Vou encaminhar a Polícia Federal, Ministério Público para entender porque compraram um produto e que não foi usado. Um software que não foi utilizado pela Educação, mas foi pago”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas