Licitação na área de saúde sob suspeita.

Um acréscimo de mais de 100% nos valores acertados em 2006 levou a Delegacia Fazendária, do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), a investigar suposta irregularidade em licitação que contratou 68 profissionais que atuam na área da saúde em Nova Santa Rita.

Na manhã de ontem, a polícia cumpriu 10 mandados de busca e apreensão. Os agentes estiveram em imóveis públicos e privados nos municípios de Nova Santa Rita, Canoas, São Leopoldo, Novo Hamburgo, Gravataí e Sapucaia do Sul, onde foram recolhidos computadores e documentos que serão analisados para compor o inquérito. Também foram quebrados sigilos bancário e fiscal de suspeitos.

A licitação ocorreu em maio de 2006, quando a Cooperativa Integral de Trabalhadores Ltda venceu disputa com outras três empresas. Para disponibilizar profissionais para quatro postos de saúde em 22 diferentes funções, como médicos, enfermeiros, psicólogos e auxiliares de limpeza, a empresa passaria a receber até R$ 170 mil mensais da prefeitura. O valor variaria de acordo com a quantidade de horas efetivamente trabalhadas.

De acordo com o delegado Marcelo Farias Pereira, responsável pelo inquérito, o valor pago anteriormente à mesma empresa, por meio de contrato emergencial que durou 180 dias, era de R$ 80 mil mensais:

– Estamos tentando apurar se houve tendência a favorecimento da empresa. Os serviços prestados em horas trabalhadas são praticamente os mesmos nos dois contratos.

Contrapontos
O que diz a Cooperativa O advogado Jeferson Alexandre Ubatuba informou que a empresa não foi comunicada oficialmente do conteúdo do inquérito. Sobre o acréscimo do valor do contrato, o advogado disse que é comum quando envolve aumento de prestação de serviço ou inclusão de nova atividade. O que diz o ex-prefeito Amilton Amorin (PTB)
Nega irregularidades sob sua gestão e disse que os valores acertados eram inferiores aos informados pela polícia ontem.
O que diz o atual prefeito Chico Brandão (PP)
Brandão prevê a contratação de servidores para substituir o atual contrato. Se forem confirmadas as irregularidades, ele demandará a rescisão do contrato com a cooperativa antes do fim do prazo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas