Licitação dos centros integrados será publicada na próxima semana

Licitação dos centros integrados será publicada na próxima semana
Foto: Agência Alagoas

O governador Renan Filho aposta em uma maior redução da violência para Alagoas e credita isso a contratação de mais de 200 soldados da Polícia Militar, que em breve estarão capacitados – além dos outros 800 que serão capacitados ainda em 2016. Para este ano, os resultados devem ganhar ainda mais representatividade: a expectativa dele é que o segundo ano da gestão à frente do Governo do Estado seja marcada por esta redução, dando continuidade aos investimentos da área da Segurança Pública.

Pouco antes da a aula inaugural dos primeiros 200 alunos do Curso de Formação de Praças (CFAP), nesta segunda-feira (25), o chefe do Executivo estadual afirmou que a contratação dos policiais era um compromisso de campanha. Ele explicou que o Estado passou o primeiro ano de governo criando as condições legais e financeiras para realizar a convocação, em um ano de extrema crise.

“Isso vai nos ajudar para que no segundo ano de gestão à frente do Estado, nós tenhamos um ano de muita redução de violência, a exemplo do que foi o primeiro. Eles estão entrando para fazer um curso para ser policial no Estado, em um momento completamente diferente, momento em que o Estado é atualmente o que mais reduz violência no Brasil”, declarou.

A expectativa para o mês de janeiro é que o número de homicídios sofra uma redução de mais de 50% em relação ao mesmo período do ano passado e 70% quando comparado ao mesmo período do ano de 2014. Renan Filho explicou que o mês de janeiro é historicamente um dos meses mais violentos, porque é um mês de forte atividade econômica, de turismo, festa e muitos eventos, e isso historicamente traz conflito, mas este ano estamos com uma forte redução.

“Neste mês nós estamos com o resultado espetacular, nós temos uma forte redução na capital alagoana. Em 2014, no mês de janeiro, 88 foram mortas; no mesmo período de 2015, 65; até o momento, este ano, foram registrados 24, com uma projeção de 31, para este mês. É uma redução de 70%”, calculou ele.

O governador declarou que o governo prometeu trabalhar e o resultado está sendo muito profícuo, que é fruto do acreditar. Ele citou a valorização da Polícia Militar, a integração da PM com a Polícia Civil, o apoio do Conselho de Segurança Pública, investimentos, a liderança do secretário Alfredo Gaspar de Mendonça, a mudança de postura, nova atitude e a Segurança Pública na agenda semanal do governador, como forma de passar para a sociedade que o estado está empenhado e trabalhando.

“A contratação de novos homens é um ponto fundamental para que nós possamos, no segundo ano de governo, dar continuidade ao lado de investimentos substanciais que tem sido feitos, por exemplo, no Instituto de Criminalística, no Laboratório Forense, no novo IML [Instituto Médico Legal]”, ressaltou o governador.

Renan Filho assegurou que a licitação dos centros Integrados de Segurança Pública será realizada antes do Carnaval. Os centros terão um sistema construtivo rápido que serão feitos em três meses. Ele finalizou afirmando que espera inaugurar, este ano, pelo menos dez centros integrados e anunciou o início de uma Força Tarefa de Segurança Pública, que deve marcar ainda com mais presença a Polícia Militar da PM de outras localidades.

“Nós estamos com muitas boas novas para 2016, e eu acredito que quando se trabalha duro, quando se faz o que já deu certo em outros lugares, quando toma os cuidados para não cometer novamente os erros do passado, a coisa anda muito bem na área da segurança”, concluiu o governador do Estado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas