Licitação do Hospital Regional dá os primeiros passos

Volta Redonda

A construção do Hospital Regional do Médio Paraíba, no bairro Roma, em Volta Redonda, está mais próxima. Hoje, representantes das oito empresas que participarão da licitação para a construção do hospital fizeram uma visita técnica no terreno para conhecer as características do local. A construção e os equipamentos do empreendimento foram orçados, inicialmente, em R$ 75 milhões.

As construtoras convidadas foram a Dimensional Engenharia, Construtora Celi, Oriente Construção Civil Ltda., Tratenge Engenharia Ltda., Engesan Engenharia e Saneamento S/C Ltda., Estacon Engenharia S/A, Construtora Squadro e Cone Construções Engenharia Ltda. O diretor geral do Serviço Autônomo Hospitalar (SAH), Sebastião Faria, explicou que a visita já estava prevista no edital de licitação e que ela pode facilitar a execução do trabalho.

– Através dessa visita é possível conhecer as facilidades e dificuldades existentes no local, facilitando assim a execução do trabalho – explicou. Uma das participantes da visita, a arquiteta responsável técnica e gerente da Construtora Celi, de Aracaju (SE), Elizabeth Ronaris Chamarelli, comentou que ficou positivamente surpresa com a infraestrutura do local.

– O espaço é excelente e sua localização também. O terreno está próximo à principal via de ligação entre Rio de Janeiro e São Paulo – avaliou Elizabeth. O engenheiro da Construtora Squadro, de Curitiba (PR), Eleuses Santiago, foi da mesma opinião. – Esperava encontrar um matagal e quando vi o terreno não acreditei. Além da terraplanagem, o acesso é bom e as condições para a execução da obra são excelentes – analisou.

Obra será feita em 18 meses

Assim que acontecer o processo de licitação e que a empresa for escolhida e contratada, a previsão é que o hospital esteja pronto em 18 meses. No entanto, a inauguração não será imediata, pois serão necessários mais 12 meses para a instalação de equipamentos e os testes.

Pelo projeto, a unidade vai ocupar uma área de 40 mil metros quadrados com área útil de 25.551 metros quadrados, na margem da Rodovia Presidente Dutra. Os 203 leitos atenderão 12 municípios do Sul Fluminense, como Barra do Piraí, Barra Mansa, Itatiaia, Pinheiral, Pirai, Porto Real, Quatis, Resende, Rio Claro, Rio das Flores, Valença e Volta Redonda. São cerca de 900 mil pessoas.

Sua gestão será através de um colegiado com a participação do estado e de representantes dos 12 municípios. Em relação a uma população estimada em 879 mil habitantes na região, o novo hospital poderá receber até 1.100 pessoas na internação mensal.

As especialidades médicas básicas oferecidas no hospital serão Clínica Médica, Clínica Cirúrgica, Clínica Pediátrica e Clínica Obstétrica (gestante de risco). As clínicas especializadas serão Neurocirurgia (endovascular), Traumato ortopedia, Cirurgia vascular, Cirurgia bariátrica, Onco Hematologia, Oftalmologia, Terapia Intensiva (adulto, pediátrica e neonatal).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas