Liberação da ETA dá fôlego a Wilson.

À véspera de deixa a prefeitura de Cuiabá, o prefeito Wilson Santos (PSDB) inaugura obras alvo de críticas da oposição

JEAN CAMPOS
Da Reportagem

A entrega de uma etapa da Estação de Tratamento de Água (ETA) do Tijucal dá momentaneamente um fôlego político à pré-campanha do prefeito Wilson Santos (PSDB), que renuncia o mandato no próximo dia 30 para disputar o governo do Estado.

A obra planejada para resolver o problema de abastecimento de água de aproximadamente 250 mil habitantes, na região do Coxipó, foi inaugurada ontem pelo prefeito. Contudo, neste momento, a capacidade é de atender 50 mil famílias dos bairros Pedra 90, Nova Esperança e Osmar Cabral.

Nas demais localidades, a prefeitura aguarda a liberação de autorização do Ministério das Cidades para que o Exército possa trabalhar na instalação do encanamento. Alvo de críticas da oposição, a ETA Tijucal sempre foi colocada pelos adversários como uma das principais promessas não cumpridas pelo prefeito tucano.

“Há seis meses fizemos a solicitação e até agora não recebemos nenhuma resposta. Esta é uma interrogação que fica porque só precisamos do aval do Ministério das Cidades. Não será necessária nem licitação”, criticou Wilson, complementando que acredita que logo receberá autorização do governo Federal, “visto que o presidente Lula (PT) nunca prejudicou a capital”.

A obra foi executada com recursos federais de emendas dos deputados Wellington Fagundes (PR), Thelma de Oliveira (PSDB) e do ex-senador Antero Paes de Barros (PSDB). O valor total da obra é de R$ 45 milhões.

Contrariando as informações, o pré-candidato ao governo garantiu que a Estação de Tratamento “está pronta”. A obra sofreu embargos judiciais durante o processo de execução, a última delas há duas semanas numa disputa da prefeitura com a Conspavi, empresa responsável pela obra.

“Me desculpem todos os meus antecessores. Mas, quero dizer que esta é a obra mais importante que a cidade recebeu nos últimos 40 anos. Ela tem grande alcance social porque vai garantir autonomia no abastecimento de água durante 20 anos”, afirmou o tucano. A solenidade de inauguração da ETA Tijucal – que leva o nome de Sátyro Pohl Moreira de Castilho, em homenagem a um dos mais importantes engenheiros de Mato Grosso – contou com a participação da presidente do PSDB em Mato Grosso, Thelma de Oliveira; dos ex-senadores Antero Paes de Barros (PSDB) e Osvaldo Sobrinho (PTB); do presidente do PR em Mato Grosso, deputado federal Wellington Fagundes; do deputado Guilherme Maluf; o vice-prefeito, Chico Galindo (PTB); vereadores da Capital e secretários do staff de Wilson. Lideranças comunitárias e moradores dos bairros beneficiados também compareceram à solenidade. O Democratas que marcaria presença com senador Jayme Campos (DEM) foi representado pelo ex-governador Júlio Campos (DEM). Os cirurgiões-dentistas da prefeitura de Cuiabá, que estão em greve há 58 dias, aproveitaram para fazer uma manifestação, durante o evento.

A obra foi executada com recursos federais de emendas dos deputados Wellington Fagundes (PR), Thelma de Oliveira (PSDB) e do ex-senador Antero Paes de Barros (PSDB). O valor total da obra é de R$ 45 milhões.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas