A lenta mobilidade

A Prefeitura de Sorocaba anuncia mais uma obra viária de grande porte. Desta vez, uma avenida de quase quatro quilômetros que, margeando o traçado do córrego do Itanguá, vai fazer a ligação entre a avenida Luiz Mendes de Almeida, na zona oeste da cidade, e a avenida Adão Pereira de Camargo, que é um prolongamento da avenida General Osório, nos limites da zona norte. A nova via, uma espécie de avenida marginal do córrego mais extenso de Sorocaba, fará a ligação dessas duas regiões, melhorando o fluxo de veículos e eliminando alguns gargalos.
O projeto, segundo informa a Prefeitura, faz parte do Programa Mobilidade Total, está orçado em mais de R$ 100 milhões e as obras serão divididas em três etapas. Esse programa foi anunciado pelo prefeito Antonio Carlos Pannunzio (PSDB) em junho do ano passado e prevê a abertura de novos corredores viários, implantação de ruas, avenidas e construção de pontes e viadutos. A licitação dessa primeira fase das obras será aberta no mês que vem, com recursos oriundos de financiamento do Banco de Desenvolvimento da América Latina, antiga Corporação Andina de Fomento (CAF). A primeira fase das obras da nova avenida, que compreende um trecho de 1.200 metros, ligará as avenidas Adão Pereira de Camargo com a Américo Figueiredo. A segunda parte da obra interligará as avenidas Luiz Mendes de Almeida e Santa Cruz, numa extensão de 1,5 km e a terceira, permitirá a ligação entre as avenidas Santa Cruz e Américo Figueiredo.
O programa de mobilidade anunciado pelo prefeito Pannunzio é bastante ambicioso, e essa via marginal ao córrego do Itanguá é uma pequena parte dele. Em junho do ano passado, Pannunzio reuniu a imprensa para anunciar seus planos. Ele prevê a substituição da ponte da rua 15 de Novembro, com a adequação do entorno para dar condições para a abertura da pista direita da avenida Dom Aguirre e um novo viaduto sobre a avenida Itavuvu, na confluência com as avenidas Edward Fru-fru Marciano da Silva e Ulysses Guimarães.
É indiscutível a importância de obras viárias que desafoguem o trânsito de Sorocaba, já bastante saturado em algumas vias, como as avenidas General Carneiro e Armando Pannunzio, que, entre outras, serão beneficiadas pelo novo corredor. Sorocaba é uma cidade com malha viária cheia de gargalos, herança de seu traçado antigo e muitas vezes improvisado. Além disso, tem grandes obstáculos só transponíveis com pontes e viadutos, como é o caso do rio Sorocaba e seus afluentes que cortam seu território e a linha férrea, cujo traçado atravessa o município no sentido leste/oeste.
O problema do anúncio de novas obras do sistema viário em Sorocaba é a morosidade do processo, a ponto de a população duvidar que um dia elas sejam concluídas. Exemplos não faltam. É o caso, para citar um exemplo recorrente nesta época de temporais e transbordamentos – das bacias de contenção prometidas para a cidade. Uma delas, localizada no final da avenida Washington Luiz, que começou a ser construída em 2012 no período pré-eleitoral, está totalmente deteriorada e não se sabe exatamente quando será concluída. Tubulações de concreto abandonadas junto às escavações inacabadas se incorporaram à paisagem do Jardim dos Estados.
Nem as obras previstas no programa Sorocaba Total, criado pelo ex-prefeito Vitor Lippi, foram totalmente concluídas. Os viadutos que ligariam as avenidas Fernando Stecca, Engenheiro Carlos Reinaldo Mendes e rodovia José Ermírio de Moraes (Castelinho) no Alto da Boa Vista, e os que fariam conexão entre as avenidas J.J. Lacerda e Ipanema, no Além Linha, sequer foram iniciados.
É importante que as obras anunciadas pela municipalidade, de reconhecida necessidade para o sistema viário, saiam efetivamente do papel. Afinal, a cidade já coleciona um bom repertório de promessas não cumpridas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas