JUIZ TORNA INDISPONIVEL BENS DE PREFEITO.

O juiz da Comarca de São Cristóvão, Manoel Costa Neto, determinou nesta quarta-feira (07), que sejam colocados em indisponibilidade todos os bens do prefeito daquele município, Alexsander Rocha (PDT), e das empresas LOC Construções e Empreendimentos Ltda. e Torre Empreendimentos Rural e Construções LTDA.

O juiz pede ainda a quebra dos sigilos bancários e fiscal dos três denunciados, desde 1º de janeiro de 2008 até o dia atual.

A ação foi originada após a Coordenadoria-Geral do Ministério Público, descobrir que o processo de licitação promovido para a contratação da Loc, apresentava ilegalidades gravíssimas. “Trata-se de uma fraude à exigência constitucional de licitação”, disse Costa Neto em entrevista ao programa Liberdade sem Censura. O juiz disse ainda que a “Prefeitura de São Cristóvão buscou ocultar a ilegalidade da contratação da empresa Loc Construções e Empreendimentos Ltda., mediante a suposta aparência de realização da licitação”.

Costa Neto explicou que essa situação é muito estranho, já que o Ministério Público solicitou do município os documentos referente a transação e o que foi apresentado, não tinha assinaturas.

Outra declaração feita pelo juiz, foi que, o prefeito interino, Jadiel Campos, exonerou cerca de 300 contratos, porem essas vagas foram novamente preenchidas pelo atual prefeito, Alex Rocha.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas