Inter inicia obras de reforma do estádio Beira-Rio nesta quinta.

O presidente do Sport Club Internacional, Vitorio Piffero, recebeu ontem, do prefeito de Porto Alegre, José Fortunati, a licença ambiental para início das obras de reforma do estádio Beira Rio para a Copa do Mundo de 2014. Hoje, no começo da tarde, será realizado o estaqueamento da primeira coluna da cobertura do estádio. A cerimônia contará com a presença do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

O alvará para a liberação das obras já tramitava na prefeitura há um ano, desde que a cidade foi escolhida como uma das sedes da Copa do Mundo do Brasil. “Sem estádio não sai a Copa. Porto Alegre terá com um dos melhores estádios do Brasil, um legado para nossos habitantes”, destacou o prefeito. O Internacional planeja investir R$ 150 milhões na reforma, que inclui a construção da cobertura, cabines de imprensa, camarotes e remodelação das arquibancadas.

Com as mudanças, o estádio passará a abrigar 62 mil torcedores. O investimento será pago através dos recursos oriundos da venda do estádio dos Eucaliptos – cujo processo já iniciou e tem lance mínimo de R$ 20 milhões – e da comercialização de camarotes especiais pelo clube.

De acordo com Piffero, a conclusão das obras deverá acontecer até dezembro de 2012, para que o estádio possa receber a Copa das Confederações, que acontecerá em 2013. “Estaremos atendendo não apenas as exigências da Fifa, mas principalmente de nossos torcedores”, destacou. O presidente do clube lembrou que é possível que o estádio seja fechado. As alternativas de uso ainda estão em estudo.

O presidente do Internacional também recebeu ontem uma cópia da medida provisória 497, assinada na terça-feira pelo presidente Lula, e que isenta de tributos federais as obras de reformas dos estádios que receberão partidas da Copa de 2014. O documento deixa os administradores das sedes dos jogos livres de pagar PIS, Cofins, IPI e Imposto de Importação.

Segundo Fortunatti, com essa medida da União, o Estado e o município também poderão apresentar seus projetos de desoneração de ICMS e de ISSQN para o Inter. Com as desonerações, o clube deverá ter uma economia de cerca de 20% nos gastos com as obras, o que representa um desconto de R$ 30 milhões.

Lula assina contratos para melhoria da mobilidade urbana da Capital

Presidente da República também passará por Santa Cruz do Sul e Santana do Livramento

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva estará hoje na Capital gaúcha para assinar contratos que prevêem o financiamento de R$ 427 milhões pelo governo federal, com a contrapartida de R$ 53 milhões por parte da prefeitura de Porto Alegre, para a melhoria da mobilidade urbana do município. Um dos objetivos da iniciativa é preparar a cidade para receber os jogos da Copa do Mundo de 2014.

Lula deverá desembarcar no aeroporto Salgado Filho às 10h15min. Às 11h, na usina do Gasômetro, firmará os acordos de mobilidade urbana e lançará o edital de duplicação da BR-116, entre Guaíba e Pelotas. Durante evento simultâneo, na cidade de Estrela, o ministro dos Transportes, Paulo Sérgio Passos, assina ordem de duplicação da BR-386, no trecho entre Tabaí e Estrela. As obras nas duas rodovias deverão absorver um investimento de cerca de R$ 1,1 bilhão.

Finalizados os eventos, o presidente irá até o estádio Beira-Rio para dar o início simbólico às obras de reforma do local dos jogos. Posteriormente, Lula seguirá de helicóptero para Santa Cruz do Sul, onde entregará um caminhão e seis tratores adquiridos por agricultores familiares dentro do programa Mais Alimentos (linha de crédito do Pronaf). Também fará a assinatura de contratos dentro do programa Minha Casa, Minha Vida. Esse evento está previsto para começar às 14h30min, na Cooperfumo. Na passagem por Santa Cruz do Sul, ele deve receber reivindicações de fumicultores.

Finalizada a pauta no Interior, Lula retorna a Porto Alegre, onde terá um compromisso privado, segundo a assessoria da presidência. Esse compromisso, conforme a agenda do candidato ao governo do Estado Tarso Genro, será o comício, no Gigantinho, que, além de Tarso, terá a presença da candidata à presidência pelo PT, Dilma Rousseff. Depois, Lula passa a noite no hotel Plaza São Rafael. Na sexta-feira de manhã vai de avião até Santana do Livramento e, em Rivera, terá um encontro com o presidente uruguaio, José Mujica.

Ontem, na Capital, representantes de entidades vinculadas ao governo e à prefeitura de Porto Alegre adiantaram alguns dos temas que o presidente da República abordará no Rio Grande do Sul. O secretário Nacional de Transporte e da Mobilidade Urbana do ministério das Cidades, Luiz Carlos Bueno, destaca que o trabalho desenvolvido para identificar as intervenções necessárias para preparar o Brasil para a Copa de 2014 levou em consideração, principalmente, o legado que as obras deixarão para a população.

A meta é que as melhorias em Porto Alegre sejam concluídas até o final de 2013. Entre os projetos que serão realizados estão a criação do corredor da avenida Tronco, duplicação da Padre Cacique e melhorias no entorno do complexo da Rodoviária, com a diminuição do congestionamento. Próxima ao local, será feita uma elevada que ligará a avenida Júlio de Castilho a Castelo Branco.

Além disso, Bueno lembra que será feita, com novos recursos, a conexão entre a estação do Trensurb e o aeroporto Salgado Filho, através do aeromóvel. O secretário de Gestão e Acompanhamento Estratégico da prefeitura de Porto Alegre, Newton Baggio, acrescenta que a prefeitura já identificou o que chamou de “território preferencial da Copa”. Ele detalha que essa área se inicia nas redondezas do Beira-Rio, estende-se na direção Norte, passando pelo Centro, até o bairro Humaitá, onde será construída a Arena, o novo estádio do Grêmio. De acordo com Baggio, com a assinatura dos contratos será possível desenvolver os projetos básicos das obras necessárias. A meta é de que até o final do ano sejam iniciadas as licitações, se o período eleitoral não atrapalhar.

Ampliação da pista do Salgado Filho começa até novembro

A ampliação da pista do Aeroporto Internacional Salgado Filho deve começar até novembro. A previsão foi feita ontem pelo superintendente do aeroporto, Jorge Herdina, que condicionou o lançamento do edital para escolha da empresa que tocará a obra à definição das regras para simplificar a licitação. A direção da unidade aguarda regulamentação de Medida Provisória que prevê facilidades para projetos vinculados à Copa do Mundo de 2014.

O mesmo pacote incluiu na matriz de responsabilidades, firmada com a Federação Internacional de Futebol (Fifa), a ampliação do atual terminal de passageiros, com investimento de R$ 345 milhões e que elevará a capacidade dos atuais 5,6 milhões de pessoas para 12 milhões. A obra será feita em duas etapas. Até 2013, o fluxo comportará até 8,5 milhões de passageiros. Anualmente, o transporte cresce 10% no aeroporto. Hoje a estrutura já opera acima da capacidade.

Segundo Herdina, os R$ 188 milhões para elevar a extensão atual da pista de 2.280 metros para 3.190 metros também já estão assegurados. A conclusão é prevista para 2012. A simplificação da licitação deve dispensar a necessidade de verificar as condições de todas as empresas que se habilitarem ao edital. “Vamos avaliar apenas a primeira colocada e não todas as inscritas como ocorre em um processo normal”, explicou Herdina.

O edital deve sair no começo de agosto. O superintendente elencou, em reunião com associados da Sociedade de Engenharia do Estado (Sergs), 14 projetos considerados estratégicos para o aumento da capacidade e melhoria da mobilidade na operação do complexo aeroviário.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas