Infraero adia início de obras no Aeroporto Eduardo Gomes

Lançamento de licitação para reforma e ampliação do aeroporto eduardo gomes aguarda projeto básico.

Brasília – A previsão para o começo das obras de reforma e ampliação do Aeroporto Internacional Eduardo Gomes, em Manaus, agora ficou para setembro deste ano, prazo estimado para o término da licitação, que depende da entrega do projeto básico ainda em elaboração, segundo a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero).

Orçado em R$ 1,3 milhão pelo Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), o projeto da obra de ampliação do Terminal de Passageiros ainda está sendo elaborado e a previsão de conclusão, agora, é para o próximo mês.

Em setembro do ano passado, a estatal estimava que o projeto básico estaria pronto até dezembro para o lançamento da licitação. No dia 10 de dezembro, data do balanço de quatro anos do PAC, o diretor de Engenharia e Meio Ambiente da Infraero, Jaime Parreira, disse que 90% do projeto estava concluído e a expectativa era terminá-lo na metade deste mês.

Pelo cronograma publicado no Portal da Transparência do governo federal, a previsão para o início das obras é fevereiro deste ano e término em dezembro de 2013.

Na última quarta-feira, a assessoria da Infraero informou que o projeto básico das obras de reforma e ampliação (Fase 1) deve ser concluído em fevereiro. “Após essa etapa, a Infraero realizará a licitação para as obras, que, de acordo com o planejamento, estão previstas para começar em setembro, com conclusão em dezembro de 2013”.

O projeto, visando a preparação de Manaus para a Copa do Mundo de Futebol de 2014, está orçado em R$ 327,4 milhões, com previsão de aumentar a capacidade dos atuais 2,5 milhões de passageiros por ano, em 2009, para 5 milhões de passageiros anuais, em 2014.

No ano passado, o movimento no Aeroporto Internacional Eduardo Gomes foi de 2,7 milhões de pessoas e 52,2 mil voos, a maior parte doméstica (45,5 mil), segundo dados de dezembro da Infraero. O projeto também prevê o aumento da aérea do terminal de passageiros, dos 43,6 mil metros quadrados para 80 mil metros quadrados.

No balanço do PAC, em dezembro de 2010, Parreira disse que a Infraero montou um cronograma prevendo eventuais contratempos no processo licitatório para que a obra esteja concluída em dezembro de 2013. “Nós estamos com o sistema de execução dessa obra bastante interessante, porque ela tem várias etapas e nosso cronograma prevê a conclusão dela até o final de 2013, sem nenhum problema”, disse o diretor.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas