Incra anuncia ao governo que investirá R$ 36 milhões em cooperativas

Incra anuncia ao governo que investirá R$ 36 milhões em cooperativas
Investimentos do Incra são frutos do reconhecimento do trabalho que o Acre faz na produção (Foto: Sérgio Vale/Secom)

O trabalho e os avanços que a gestão de Tião Viana vem promovendo na área de produção agrícola estão possibilitando ao Acre receber uma ótima notícia. O Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) deve investir nas cooperativas que atuam no setor de produção recursos em torno de R$ 36 milhões.

Os investimentos são resultado da visita da presidente do órgão, Maria Lúcia Fálcon, que esteve no Estado em julho deste ano.

“A presidente do Incra quando esteve aqui se apaixonou pelo trabalho que o Acre está fazendo na produção, na organização dos produtores e na construção das agroindústrias em parceria com cooperativas no que chamamos de parceria público-privada. Por isso, R$ 36 milhões já estão destinados aos estados”, afirmou Sérgio Lopes, secretário de Regularização Fundiária na Amazônia Legal, do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), durante reunião com secretários do governo acreano.

Incra anuncia ao governo que investirá R$ 36 milhões em cooperativas
O próximo passo é a equipe do Incra, junto com as secretarias de estado elaborar os projetos para acessar o recurso (Foto: Leônidas Badaró)

O próximo passo é a equipe do Incra, junto com as secretarias de estado elaborar os projetos para acessar esses recursos. “O Acre agora está com um grande desafio que é o Incra, junto com a Seaprof, Sema e Iteracre, preparar os projetos técnicos para que os recursos cheguem às agroindústrias, sejam de aves, peixes, castanha e grãos e demais cadeias produtivas”, explica Sérgio.

O secretário de Extensão Agroflorestal e Produção Familiar (Seaprof), Glenilson Figueiredo, afirmou que esses recursos são frutos do reconhecimento do trabalho que o governo tem feito no setor da produção rural. “Esse trabalho que o governo tem feito com as cooperativas é inovador e tem dado grandes resultados. Com esse investimento, vamos poder chegar aos produtores rurais que estão nos projetos de assentamento”, observou.

Mutirão de regularização fundiária no Juruá

Outro assunto durante a reunião, realizada na sede do Incra, foi a realização de um mutirão de regularização fundiária que deve ocorrer no início do mês de dezembro, na região do Vale do Juruá. A intenção é que aproximadamente de 400 famílias possam receber o documento de suas terras, regularizar o Cadastro Ambiental Rural e ter acesso a outras políticas que o governo vai disponibilizar.

“Discutimos como vamos avançar na integração entre a regularização fundiária com o Cadastro Ambiental Rural por meio de mutirões. No início de dezembro vamos entrar forte na região do Juruá”, disse Edgard de Deus, secretário de Meio Ambiente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas