Hospital Materno Infantil está com obra atrasada há 1 ano em Santarém

Segundo o NGO, demora ocorre porque empresa abandonou o serviço.
Ministério da Saúde vai realizar uma nova licitação para contratar empresa.

 Orçado em R$ 23.031.137,16 milhões, o prédio do Hospital Materno Infantil (HMI), em Santarém, oeste do Pará, deveria ter a obra concluída no dia 15 de março de 2015, mas o serviço está parado. De acordo com o Núcleo de Gerenciamentos de Obras (NGO) da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminfra), a demora ocorre porque a empresa contratada abandonou o serviço e rescindiu o contrato em dezembro do ano passado.

Do valor total do investimento, pouco mais de R$ 18 milhões são recursos do Ministério da Saúde e quase R$ 5 milhões é contrapartida do Município. A expectativa, de acordo com o coordenador do NGO, Geraldo Bitar, é de que até o final de 2016 a obra esteja finalizada. “A estrutura e os revestimentos internos estão concluídos. Estamos aguardando a conclusão da Caixa Econômica que nos permitirá abrir outra licitação para contratar outra empresa que nos permita concluir essa obra num prazo estimado tecnicamente na ordem de oito meses”.

Quando concluído, o HMI de Santarém deverá ter uma área total de 7.400 m² e contará com 121 leitos e 34 consultórios para atendimentos em neonatologia, pediatria, obstetrícia e ginecologia.

Mas enquanto o prédio não é entregue, as futuras mães temem o serviço de saúde oferecido na cidade. A dona de casa, Alessandra Silva, está gravida de 7 meses do terceiro filho e o parto deve ser cesariana.  Ela faz o pré-natal e todo atendimento médico no posto de saúde do bairro. “Tenho medo de chegar na hora e não ter médico ou não ter leito pra me atender. A gente chega ao Pronto Socorro e não tem leito pra ser atendido, principalmente na gestação porque aí a gente põe em risco a nossa vida e a do nosso bebê que é tão esperado. E se acontecer algum problema durante o parto? A gente fica preocupada. Se esse hospital já tivesse pronto já teria salvado muitas vidas de crianças”, alerta.

Em nota, a prefeitura informou que a nova licitação será feita por meio do Ministério da Saúde para contratar uma empresa para dar continuidade ao serviço.

Hospital Materno Infantil está com obra atrasada há 1 ano em Santarém
A área total é de 7.400 m² e contará com 121 leitos e 34 consultórios para atendimentos em neonatologia, pediatria, obstetrícia e ginecologia (Foto: Divulgação/Ccom PMS)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas