Governo realiza leilão e veículos já podem ser examinados em portal eletrônico

Serão leiloados 30 bens, entre veículos e sucatas. As ofertas poderão ser realizadas na forma presencial e por meio eletrônico
Fonte: Assessoria

A Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh), por intermédio da Superintendência Estadual de Políticas sobre Drogas de Mato Grosso (Suesd) publicou o Edital de Leilão nº 001/2015, que trata da venda de bens do Fundo Nacional Antidrogas, por meio de licitação, na modalidade leilão (eletrônico e presencial).
As fotos e descrições dos bens a serem leiloados estão disponíveis no portal Superbid Judicial, até o dia 21 de outubro, data limite para oferta online de lances. O horário de encerramento para esta modalidade de oferta será às 10h30 (horário de Brasília-DF), quando se dará início ao recebimento dos lances presenciais.
Os interessados em participar pelo meio eletrônico deverão se cadastrar no Portal pelo menos 48 horas antes do encerramento do leilão e aceitar as condições de vendas previstas para o certame.
Os lances na forma presencial deverão ser ofertados na data do encerramento do leilão, no auditório do Roari Hotel, localizado na Rua General Vale, nº 560, Bairro Bandeirantes. Os bens a serem licitados poderão ser examinados previamente no dia 20 de outubro, das 13h30min às 17h30min, no Pátio da Superintendência de Políticas sobre Drogas, situado à Rua Projetada s/nº, Bairro Paiaguás, atrás da sede do Detran/MT.
Serão leiloados quatro sucatas Toyota/Corolla, uma sucata VW/Gol e uma sucata VW/Fusca; quatro motos (Honda/CG Titan KS, Honda/CG Titan 125, Honda/C100 BIZ e Honda/CG 150 Fan); 01 VW/Parati; 01 Ford/Verona; 01 VW/Gol; 01 Fiat/Palio; 01 BMW/318is; 01 GM/Kadett; 01 Fiat/Palio; 01 GM/Corsa; 01 VW/Golf; 01 GM/Corsa; 01 Ford/Fiesta; 01 Audi/A3 1.8t; 01 GM/Celta 4p e 01 Fiat/Stilo.
Os bens mencionados serão vendidos no estado e condições que se encontram, não cabendo nenhuma reclamação posterior quanto às suas qualidades. “Tratam-se de veículos irrecuperáveis, por contarem com danos de grande monta ou ainda por impossibilidade de regularização documental, os quais serão baixados definitivamente do Registro de Veículos Automotores (Renavam), e não poderão voltar a circular, sendo passíveis, tão somente, para reutilização de peças que não apresentarem irregularidades ou adulterações”, explica o presidente da Comissão Especial de Licitação, Luiz Fabrício Vieira Neto.
Os chassis e numeração dos motores serão inutilizados e as placas retiradas e destruídas sob responsabilidade do arrematante, devendo ser observada a obrigatoriedade da prensagem do veículo no que tange às peças que não serão utilizadas, bem como a comprovação da realização de aludida prensagem do veículo, através de vídeo e fotos.
Os lotes são discriminados um a um, contendo a descrição sucinta dos bens, o número do processo-crime, a vara e comarca de origem, a localização, o valor mínimo de arrematação (avaliação), eventuais débitos/multas incidentes, apurados e porventura informados pelos órgãos de trânsito respectivos. Nesse último caso, serão excetuados os lotes de sucatas de veículos que estão impedidos de voltar à circulação.
Dentre os atos vetados, fica proibida a visita de pessoas com bolsas, sacolas e assemelhados, por medida de segurança; e não será permitida, em hipótese alguma, durante a visitação, a retirada de qualquer item a título de “amostra”, nem mesmo fotos.
O edital pode ser conferido no Diário Oficial do dia 29 de Setembro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas