Governo do ES anuncia a construção de 26 barragens em assentamentos

As barragens de uso coletivo vão beneficiar 1,2 mil trabalhadores rurais.
Elas terão capacidade de armazenar 1,5 bilhão de litros de água.

O governo do estado anunciou a construção de 26 barragens de uso coletivo em assentamentos de trabalhadores rurais capixabas no Norte do Espírito Santo. Ao todo, as barragens terão capacidade para armazenar 1,5 bilhão de litros, que vão beneficiar 1,2 mil pessoas que vivem nos assentamentos.

Governo do ES anuncia a construção de 26 barragens em assentamentos
O anuncio do edital foi feito no Palácio Anchieta,
em Vitória (Foto: Thiago Guimarães/ Secom)

Os cinco editais de licitação para as obras foram lançados nesta quarta-feira (02) no Palácio Anchieta, em Vitória. A obra deve custar aproximadamente R$ 8,8 milhões e devem ser concluídas até o final de 2016.

As 26 barragens serão construídas em 11 assentamentos de reforma agrária do Estado, nos municípios de Ecoporanga, Montanha, Nova Venécia, São Mateus e Conceição da Barra. A área alagada dos reservatórios irá variar de pouco menos de 1 hectare a 11 hectares.
De acordo com a administração, as barragens são reivindicadas há muitos anos pelas comunidades de assentados, que enfrentam dificuldades na produção de alimentos por estarem situadas em uma região que historicamente sofre com as secas e serão ainda mais necessários diante da crise hídrica.

“Temos sofrido há muito tempo com o problema da falta de água, o que dificulta nossa produção. Agora teremos mais segurança e tranquilidade para investirmos em nossas propriedades. A água e uma fonte de riqueza sem ela somos nada”, disse José Amilton Azevedo de Oliveira, morador do assentamento de Bela Vista, em Montanha.

Os assentamentos beneficiados com as barragens são os seguintes: 22 de Julho e Vale do Ouro, em Ecoporanga (duas barragens em cada); Bela Vista, em Montanha (duas barragens); Itaúnas e Independência, em Conceição da Barra (uma barragem em cada); 13 de Maio (duas barragens) e Três Pontões (uma barragem), em Nova Venécia; Córrego Grande e São Vicente (duas barragens em cada), Pratinha (cinco barragens) e Vale da Vitória (seis barragens), em São Mateus.

A solenidade de lançamento dos editais contou com a presença do governador Paulo Hartung, do vice-governador César Colnago, de secretários de Estado, deputados estaduais, prefeitos, além de trabalhadores rurais e representantes de entidades e associações de agricultores familiares, cooperativas agrárias e lideranças políticas e comunitárias dos municípios onde estão localizados os assentamentos beneficiados.

Mais barragens
O Governo do Estado anunciou recentemente a construção de outras seis barragens para o armazenamento de água no interior do Estado, totalizando 32 barragens. Elas terão capacidade para armazenar 19,5 bilhões de litros de água, volume que pode abastecer uma população de até 360 mil pessoas por um período de um ano.
A expectiva é que os reservatórios aumentem a segurança hídrica de várias regiões capixabas que estão sofrendo os reflexos da mais grave crise hídrica já registrada no Estado. As barragens a serem construídas poderão ser usadas para várias finalidades, como abastecimento humano, irrigação e para os animais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas