Governo autoriza contratação de servidores para hospitais do Paraná.

O secretário da Saúde, Carlos Moreira Junior, autorizou nesta quinta-feira (29) o chamamento dos aprovados nos concursos públicos realizados em dezembro de 2009 para o Hospital Regional de Litoral, Hospital Zona Norte e Zona Sul de Londrina, Hospital de Guaraqueçaba e o Hospital da Lapa. Ao todo serão mais de duas mil contratações.

Desta forma os profissionais com contratos temporários que se encerram em junho, não terão seus vínculos renovados. “Estamos dando sequência aos trâmites legais e na próxima semana serão publicados os editais de convocação para os exames médicos. Após os exames, os profissionais serão nomeados junto à Secretaria de Estado da Administração e Previdência, para integrar o quadro de funcionários destes hospitais”, disse Moreira.

Somente para o Hospital Regional do Litoral, que hoje conta com 371 funcionários efetivos e também contratados por seletivo, serão nomeados 620 servidores. Após as contratações, com a reorganização do pessoal, principalmente os contratados por teste seletivo, o Hospital Regional deverá contar com 700 servidores, fora os médicos.

A unidade que foi construída e equipada com investimentos de R$ 32 milhões, fez 9.130 atendimentos entre os setores ambulatoriais, centro obstétrico, pronto-socorro e pediatria neste ano. Foram 3.763 internamentos de janeiro a abril deste ano. Ao todo, a unidade registrou 13.561 procedimentos neste período.

Outros hospitais – a unidade de Guaraqueçaba receberá nesta convocação 135 funcionários. O Hospital, com 2 mil metros quadrados de área construída, recebeu R$ 4,6 milhões em investimentos. São 20 leitos para internação, centro cirúrgico, área de radiologia, clínicas médicas e consultórios, além de um heliponto que permitirá a chegada e saída de pacientes em situação de urgência médica.

Para o Hospital Eulalino Ignácio de Andrade, conhecido como Hospital Zona Sul, serão contratados 431 concursados. Na unidade, o governo investiu aproximadamente R$ 10 milhões na reforma e ampliação. Com a ampliação, o hospital passa a contar com 130 leitos. A capacidade total de internamentos mensais passa de 350 para 800 quando a unidade totalmente reformulada estiver com sua capacidade máxima instalada.

O Hospital Anísio Figueiredo, na Zona Norte de Londrina, que terá suas obras concluídas em julho contará com 130 leitos de internação. A primeira fase da obra que já foi concluída possibilita o atendimento pleno a população de Londrina, com ambulatório, pronto-socorro, centro cirúrgico e 65 leitos de internação. Na unidade foram investidos R$ 6,7 milhões nas obras. A previsão é de que sejam contratados 460 profissionais.

O Hospital Regional da Lapa, que é referência nacional no atendimento a tuberculose, prevê a contratação de 334 profissionais. A unidade teve sua capacidade de atendimento ampliada no setor de clínica médica de 18 para 42 leitos. Além disso, um novo centro cirúrgico está em processo de licitação, onde serão investidos R$ 2,3 milhões.

Investimentos – Desde 2003 o Governo do Paraná investiu nos últimos sete anos mais de R$ 300 milhões na construção, reforma e ampliação de 44 hospitais em todo o Estado. Foram abertos mil novos leitos com as obras que estão fortalecendo a saúde pública do Paraná em todas as regiões do Estado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas