Governador reafirma investimentos de R$ 6 bilhões nas rodovias de Mato Grosso

Da Redação
Governador reafirma investimentos de R$ 6 bilhões nas rodovias de Mato GrossoO governador Silval Barbosa (PMDB) reafirmou na semana que passou os compromissos do Ministério dos Transportes e do Departamento Nacional de Infraestrutura em Transportes (Dnit) para as obras consideradas essenciais para Mato Grosso e para a logística de transporte que interfere diretamente na economia nacional, já que o agronegócio depende em cerca de 30% dos custos decorrentes das condições das rodovias e estradas. O chefe do Poder Executivo lembrou que entre recursos federais e estaduais estão sedo investidos mais de R$ 6 bilhões em rodovias no Mato Grosso.
“Toda a economia do Brasil está diretamente relacionada com a logística de transportes, então é preciso se investir cada vez mais no sentido de garantir boas rodovias com custos reduzidos para o transporte dos produtos do agronegócio enquanto não se tem outros modais alternativos, como ferrovias e hidrovias, que são menos onerosos mas que em compensação enfrentam outros tipos de resistências como a questão ambiental e de custo das obras”, admitiu o governador ao comemorar a apresentação de propostas para o Regime Diferenciado de Contratação (RDC), nova modalidade de licitação mais ágil e menos burocrática para as obras de duplicação entre Cuiabá e Rondonópolis com cerca de 220 quilômetros.
Na última quinta-feira, o Dnit realizou pregão onde quatro consórcios apresentaram propostas para participar do processo de licitação das obras de duplicação nas BRs 163 e 364 que passam unidas por Rondonópolis até na Serra de São Vicente onde se encontram com a BR-070. Neste primeiro trecho serão 60,11 quilômetros e no próximo mais 42,4 quilômetros que vão da Serra de São Vicente até Cuiabá.
“Essa obra é essencial para a economia de Mato Grosso e do Brasil, por passar por ali a grande parte da produção agrícola do Estado, por isso não me canso de repetir que em 2012 a balança comercial do Brasil atingiu a U$S 20 bilhões, dos quais Mato Grosso contribuiu com U$S 12,9 bilhões, ou 64%, um índice significativo que seria ainda maior para o Estado e para o próprio Brasil se as condições das rodovias fossem melhores em todo o trajeto em Mato Grosso”, disse o governador, enaltecendo os esforços da bancada federal de Mato Grosso para acelerar esses processos licitatórios.
As obras são completas neste trecho que vai se encontrar com outras frentes que estão duplicando o trecho de Jangada até Posto Gil e que originalmente, se não faltarem recursos, podem chegar até a divisa de Mato Grosso como Pará. Silval defendeu ações no sentido do Governo Federal acelerar possíveis Parcerias Público Privadas (PPP) para que a iniciativa privada assuma parte das obras e depois possa explorar as mesmas através da concessão de serviços e manutenção das rodovias com a devida cobrança de pedágio.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas