Governador autoriza mais R$ 1,9 milhão para a compra de remédios excepcionais.

A licitação foi realizada na modalidade pregão eletrônico. Na disputa, o Estado obteve uma redução de 23,3%

O Governo do Paraná vai registrar preços de seis lotes de medicamentos excepcionais, fornecidos a pacientes assistidos pela rede pública de saúde. A licitação que constitui o registro, conduzida pela Secretaria de Estado da Administração e da Previdência, prevê até R$ 1,9 milhão na compra desses remédios, e foi homologada nesta semana pelo governador Roberto Requião.

Os lotes são formados por medicamentos a pacientes portadores de osteodistrofia renal (distúrbios ósseos decorrentes de problemas nos rins), hipoparatireoidismo (doença rara que reduz o cálcio do sangue), asma grave, osteoporose (desestruturação, redução dos ossos), hiperplasia adrenal congênita (superprodução de hormônio masculino), doença de Wilson (degeneração de células) e doença Parkinson (degeneração do sistema nervoso central).

A licitação foi realizada na modalidade pregão eletrônico. Na disputa, o Estado obteve uma redução de 23,3% nos preços máximos estabelecidos para a compra de medicamentos. Participaram do pregão nove empresas.

Os descontos em cada lote compõem o registro de preços e, conforme a Secretaria da Saúde ir necessitando de adquirir os remédios, vai adquirindo dos fornecedores que venceram o processo pelos preços registrados.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas