Governador autoriza licitação para obras do Rodoanel

O governador Wilson Martins autorizou, na manhã desta terça-feira (4), durante solenidade no Palácio de Karnak, a abertura da licitação da obra do Rodoanel de Teresina, orçada em R$ 80 milhões e que deverá desafogar o trânsito da capital, especialmente com a redução do tráfego de caminhões. O governador autorizou ainda a sub-rogação de cinco obras de infraestrutura turística da cidade de São Raimundo Nonato para a Secretaria Estadual de Infraestrutura, a fim de garantir sua agilidade.
“Essa é uma obra emblemática porque, além de ser um grande investimento, terá forte impacto sobre o trânsito de Teresina; irá desafogar o trânsito retirando especialmente caminhões, veículos de carga de dentro da cidade”, comentou o governador Wilson Martins, que encomendou o projeto do Rodoanel ao engenheiro Norbelino Carvalho, da
Superintendência de Acompanhamento de Obras, no início de 2011.
O Rodoanel vai encurtar em 15 quilômetros as distâncias entre as saídas para as regiões Norte e Sul do Estado, respectivamente, as, BRs 343 e 316. A obra terá oito quilômetros de pista dupla de cobertura simples, com largura total de 13,20m, e uma terceira faixa em curvas e rampas, além da construção da ponte. O projeto inclui ainda a construção de uma ponte de 240 metros sobre o Rio Poti. Após o início das obras, a previsão é de que o Rodoanel fique pronto em um ano.
Durante a solenidade, o governador autorizou ainda a sub-rogação da construção do terminal de passageiros do Aeroporto Internacional de São Raimundo Nonato da Secretaria Estadual de Turismo para a Seinfra. Também foram autorizadas obras de urbanização do Mirante do Cruzeiro, acesso binário e viário ao Museu do Homem Americano, Centro de Convenções e intervenções no Centro Histórico, todas em São Raimundo Nonato. “Ao todo, serão R$ 22 milhões, em parceria com o Ministério do Turismo, a Caixa Econômica Federal, com emenda do deputado federal Paes Landim”, detalhou o governador.
TERESINA
Wilson Martins disse ainda que encomendou à sua equipe de engenharia a elaboração de 40 projetos de intervenção urbana que possam melhorar a infraestrutura de Teresina, especialmente voltadas para a melhoria da mobilidade. “São obras que vão desde pontes a viadutos, como os que pretendemos fazer entre as avenidas Homero Castelo Branco e João XXIII, Miguel Rosa e Coelho de Resende”, exemplificou o governador.
Segundo Wilson Martins, a ideia é elaborar os projetos para, com eles em mãos, prospectar recursos junto ao Governo Federal. “Queremos a parceria da Prefeitura de Teresina, dos nossos senadores, dos deputados federais. Dinheiro tem. Precisamos ter projetos e nos unir para irmos em busca deles”, comentou, acrescentando que pretende fazer o mesmo com as quatro maiores cidades do interior do Piauí: Parnaíba, Picos, Floriano e Piripiri.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas