Governador anuncia R$ 778,1 milhões em obras para o DF

Agnelo Queiroz
Estão previstas ciclovias, calçadas, expansão das redes de drenagem pluvial, implantação do parque Burle Marx, obras de urbanização e novas vias de acesso entre o Eixão e os eixinhos L e W, nas asas Norte e Sul.

O governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz, anunciou na manhã desta segunda-feira um pacote de obras para o DF no valor R$ 778,1 milhões na área de construção civil. “Parte das obras começarão imediatamente. Outras serão feitas a partir de licitação, mas já reservamos os recursos. No geral são investimentos que facilitarão o trânsito, como a construção de ciclovias e a ampliação de agulhinhas, como são chamados os acessos diretos dos eixos W e L ao Eixão”, destacou Agnelo Queiroz. “Para enfrentar os constantes alagamentos causados no período chuvoso, investiremos R$ 350 milhões no programa Águas do DF”, adiantou.
Para as obras já previstas em editais publicados, foram destinados R$ 141,6 milhões na construção de 141 Pontos de Encontro Comunitário (PEC) e mais 350 mil metros quadrados de calçadas. Já as que terão início imediato, o governo repassou R$ 193,6 milhões para a construção de 266km de ciclovias além da implantação do Parque Burle Marx.
“Esta ação deixará um grande legado para a cidade. Tudo o que está sendo investido é de olho na Copa do Mundo de 2014 e em todos os grandes eventos esportivos internacionais que passarão pelo Distrito Federal, como a Copa das Confederações, em 2013, e as Olimpíadas de 2016”, reforçou Agnelo Queiroz. O governador disse ainda que sem os eventos ligados ao esporte o DF levaria o equivalente a 30 anos para alcançar o estágio de desenvolvimento que se propõe a chegar nos próximos dois anos.
Novas licitações – Para obras a serem licitadas serão R$ 439 milhões. Em 30 dias, devem ser publicados os editais para urbanização dos setores Sol Nascente (1ª Etapa) e Riacho Fundo II (4ª Etapa) e também os editais do programa Águas do DF. O programa prevê obras para reforço e expansão das redes de drenagem pluvial no Plano Piloto e Taguatinga, com o objetivo de acabar com os constantes alagamentos. De acordo com o secretário de Obras, Oto Silvério, as intervenções devem ser finalizadas dois anos após a data de contratação das empresas.
Com o objetivo de reduzir imediatamente os transtornos causados pelas fortes chuvas, as ações de manutenção das vias ganham o reforço de 15 conjuntos de equipamentos de tapa buracos, um investimento de R$ 3,9 milhões.
O Parque Burle Marx, no final da Asa Norte, ao lado do Setor Noroeste, também já está com recursos garantidos. Serão investidos R$ 32 milhões em obras de urbanização.
As asas Sul e Norte vão ganhar mais cinco conjuntos de agulhinhas – que são acessos e saídas dos eixos W e L para o Eixão, a exemplo das que já existem nas quadras 113/213 Norte. Das novas intervenções, duas serão na Asa Norte (altura das quadras 105/205 e 109/209) e três na Asa Sul (105/205, 109/209, 113/213). Com isso, será proporcionada maior fluidez no trânsito. O investimento será de R$ 3,5 milhões e as obras começam logo após o período das chuvas.
Decreto – Na oportunidade, o governador Agnelo Queiroz assinou também o Decreto para criação do Comitê Emergencial de análise e aprovação de projetos. O objetivo é dar agilidade aos mais de 500 projetos parados nas administrações do DF.
Entre as principais metas estão a liberação de alvarás para comerciantes, legalização de áreas residenciais e comerciais e projetos gerais para as regiões. “Hoje um terço da cidade está na ilegalidade e contamos com a ajuda do Tribunal de Justiça para legalizar tudo. Vamos interromper esse processo de ilegalidades”, enfatizou Agnelo Queiroz.
A assinatura do Decreto e o anuncio do pacote de obras ocorreram durante encontro no Sindicato da Indústria da Construção Civil (Sinduscon-DF). Além do governador e do secretário de Obras, Oto Guimarães, também participaram o vice-governador, Tadeu Filippelli, o presidente da Novacap, Juvenal Batista Amaral, administradores regionais, representantes da Associação de Dirigentes de Empresas do Mercado Imobiliário (Ademi-DF) e da Associação Brasiliense de Construtores (Asbraco), entre outras autoridades.

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas