Governador anuncia que edital da BR-470 será lançado em dezembro

Durante as reuniões do projeto “Governar o Governo” no Extremo-Oeste catarinense, o governador Raimundo Colombo informou que o edital de licitação para duplicação da BR-470 deve ser lançado em dezembro de 2011, com previsão do início de obras para julho de 2012. Colombo e os secretários catarinenses retomaram na última terça-feira (28), o projeto “Governar o Governo” que tem como objetivo conhecer as pessoas, as reivindicações específicas de cada região e integrar a comunidade com o Governo.
Apesar de ser uma obra federal, o governador já se reuniu com a presidenta Dilma Rousseff em duas ocasiões para se colocar à disposição para colaborar e para solicitar prioridade no planejamento de obras rodoviárias. O custo estimado é de R$ 1 bilhão.
A informação foi passada durante reunião com o grupo Seara de Itapiranga, que processa 195 mil aves por dias e exporta 95% da produção para a Ásia.
Assim como todas as agroindústrias do Oeste catarinense, há uma diferença de cerca de R$ 10 no saco de milho se comparado com os estados do Centro-Oeste, o que encarece e prejudica os empresários da região. “Com a duplicação da BR-470, facilitaria o acesso do Oeste até os portos de Itajaí, Navegantes e São Francisco do Sul, por exemplo”, comenta o governador Raimundo Colombo.
Outra obra que beneficiará a agroindústria catarinense será a Ferrovia do Frango, projeto de Parceria Público Privada (PPP) que está em fase de estudos para implantação. O trecho está em projeto para ligar Chapecó a Itajaí, mas com intenção de ser ampliado até Dionísio Cerqueira. “A ferrovia tem de ser feita para o desenvolvimento do Oeste, senão a região Centro-Oeste do Brasil vai se beneficiar em nosso detrimento”, contextualiza Colombo.

Cooperativismo
Também em Itapiranga, o governador Raimundo Colombo conheceu o Sicoob, que tem mais de 50% da cidade associada ao banco cooperativista. O presidente da instituição, José Adalberto Michels, entregou ao governador o projeto da criação da Casa do Cooperativismo Brasileiro de Crédito, para ser uma referência ideológica do cooperativismo. O projeto, que tem inspiração na Inglaterra, é pioneiro no Brasil.
Colombo anunciou que em dois meses deve ser lançado o programa de estímulo ao pequeno negócio, onde o Estado faz linha de apoio pagando o juros do empresário, inclusive o agronegócio, para o cooperativismo. “O capitalismo é bom para a geração de riquezas, enquanto o socialismo para a distribuição. O cooperativismo é um intermédio que queremos estimular”, finaliza Colombo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas