Governador anuncia liberação de R$ 15,4 milhões para recuperação de Novo Horizonte do Sul

Campo Grande (MS) – O governo do Estado conseguiu a liberação do empenho de R$ 15,4 milhões junto ao Ministério da Integração Nacional para obras de recuperação em Novo Horizonte do Sul. O governador André Puccinelli enviou ontem (10) a Brasília o secretário de Obras Públicas e de Transportes, Edson Giroto, e o coordenador estadual de Defesa Civil, Ociel Ortiz Elias, e conseguiu que o empenho desses recursos fosse incluído no limite do crédito disponibilizado esta semana para o Ministério.

Após reunião dos representantes do governo de Mato Grosso do Sul com a secretária nacional de Defesa Civil, Ivone Maria Valente, e o diretor financeiro do Ministério, a autorização do empenho foi finalmente concluída. O secretário e o coordenador da Cedec foram logo cedo ao Ministério com a determinação dada por Puccinelli de garantir a liberação dos recursos, solicitados em janeiro, em articulação coordenada por André logo após a ocorrência de um temporal que destruiu estradas, vias urbanas e residências em Novo Horizonte do Sul.

Hoje de manhã, o governador comunicou o prefeito Marcílio Álvaro Benedito sobre a confirmação de que os recursos já serão liberados. “Essa notícia é um alívio para nós da administração e para a população. Vivemos quase sessenta dias de muito sofrimento”, comenta Marcílio.

Com o dinheiro garantido, o governo vai dar início às obras de recuperação, que incluem estradas, pontes, vias urbanas, contenção de erosão e moradias. “Agora deflagramos a execução das obras. Desde a ocorrência dos estragos o governo já vem auxiliando o município, e, nesse momento, com a liberação do dinheiro negociado com o Ministério, as ações principais de recuperação podem começar”, explica o secretário Giroto, assegurando que os serviços serão feitos o mais rapidamente possível, dentro da condição de emergência.

Para conseguir a aprovação e a liberação dos recursos solicitados, um Plano de Trabalho foi encaminhado junto com a solicitação. A programação de ações teve como base o Formulário de Avaliação de Danos, onde os órgãos de defesa civil e de infraestrutura indicaram como a cidade foi afetada. “A prioridade é colocar os acessos. E também estão no plano as pontes de concreto e de madeira, as casas, a contenção da erosão”, cita Giroto.

Recuperação

Dados da Defesa Civil estadual sobre o levantamento dos danos apontam que 27 residências foram totalmente destruídas e mais de cem sofreram danos. Três estruturas de dutos ou pontes foram danificadas e doze, destruídas. Nas estradas, o total danificado chega a 275 km de extensão. Houve prejuízo também em 12 mil m de vias urbanas e rurais. As chuvas também provocaram uma situação de erosão dentro da cidade. Na principal rodovia de acesso, a MS-475, que liga Novo Horizonte ao entroncamento de Ivinhema, na MS-141, houve rompimento em quatro trechos.

O prefeito Marcílio Álvaro Benedito está satisfeito em poder dar a resposta que a população espera sobre a recuperação do município, principalmente porque os transportes da safra agrícola e escolar estão prejudicados. “A maior dificuldade nossa é a safra, que está parada, temos uns 200 alqueires de soja [para transportar]. As aulas nas nossas escolas começaram agora no dia 1º de março, mas ainda não está 100%, porque têm alunos que não estamos conseguindo levar”, relata. “Agora ficamos bem mais tranqüilos. Quanto mais rápido recuperar, melhor”.

Leia Também:

Recursos obtidos por André para estradas rurais beneficiam mais um município

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas