Galindo quer pavimentar todos os bairros de Cuiabá até 2012.

De Brasília – Vinícius Tavares

O prefeito de Cuiabá Chico Galindo (PTB) promete pavimentar todos os bairros da capital até o final de 2012, quando termina o seu mandato. Segundo ele, para alcançar este objetivo, seriam necessários cerca de R$ 200 milhões. Galindo explica que os recursos poderão ser obtidos por meio de empréstimos a juros baixos que deverão ser contraídos pela prefeitura para receber a Copa do Mundo de 2014.

O benefício poderá ser acessado por meio da entrada em vigor de uma Medida Provisória assinada na segunda-feira, em Brasília, pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, durante evento que reuniu prefeitos, governadores, ministros e presidentes dos principais clubes de futebol do país.

A MP facilita o financiamento de obras destinadas ao Mundial de 2014 e também aos Jogos Olímpicos de 2016. O documento deve priorizar investimentos em sete portos, a um custo de R$ 740 milhões, e obras em 13 aeroportos, que devem consumir R$ 5,5 bilhões em recursos. O aeroporto de Várzea Grande está entre os beneficiados.

Entre outras providências, a MP aumenta a capacidade de endividamento das cidades que serão sede da Copa. Com isso, Cuiabá poderá aumentar sua capacidade de obter financiamentos, hoje fixada em apenas R$ 75 milhões. A prefeitura de Cuiabá ainda não obteve ainda acesso ao volume de recursos que poderão ser financiados. Mas, de acordo com as projeções do prefeito Chico Galindo (PTB), que participou do ato de assinatura ao lado do presidente Lula, em Brasília, a prefeitura necessita de R$ 200 milhões.

“Acredito que com R$ 200 milhões possamos fazer as obras que necessitamos. Só ainda não sabemos ao certo quanto poderemos obter. A novidade é que serão abertas linhas de crédito na Caixa, no Banco Mundial e até no Bird (Banco Mundial)”, disse Galindo.

Para pavimentar todos os bairros da capital até o final de 2012, Chico Galindo não descarta lançar mão de uma parceria público-privada (PPP). O prefeito embarca hoje à noite para São Paulo onde amanhã terá reuniões com engenheiros de uma consultoria contratada pela prefeitura. A empresa vai apresentar um plano de execução para a pavimentação dos bairros do município, que é a meta do prefeito.

Na opinião de Galindo, o ideal é firma uma PPP, na qual as empresas se comprometem a executar e manter a pavimentação por período que pode chegar a 20 anos. “Deste jeito, o município pode contrair financiamentos para a Copa para executar outras obras importantes que visem a mobilidade urbana”, destacou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas