“Exportar” lixo pode custar R$ 780 mil

Edital de licitação de empresa para execução do serviço foi publicado ontem

Antecipando um possível revés na Justiça a prefeitura publicou ontem no Diário Oficial o edital de licitação de empresa para realizar a construção de uma central de recolhimento e posterior transporte do lixo domiciliar para aterro sanitário de outra cidade.
Isso porque a Cetesb já solicitou a interdição do aterro local à secretaria estadual do Meio Ambiente, após análise técnica que o considerou esgotado em capacidade de armazenagem.
O prefeito Mário Bulgareli com o chefe do aterro e assessor da secretaria de Serviços Urbanos Nilton Ribeiro, estarão hoje em São Paulo para uma reunião com o secretário do Meio Ambiente, Bruno Covas. A intenção é convencê-lo de não expedir a ordem de interdição do aterro sanitário, solicitada pela Cetesb.
A prefeitura tenta também uma liminar para poder depositar o lixo em área anexa a atual, mas já foi avisada de que só terá o recurso se a Cetesb permitir, o que está descartado, de acordo com o gerente regional da companhia, Paulo Wilson de Camargo.
Pelo edital a prefeitura pretende abrir as propostas das empresas interessadas no dia 22 de março, sendo que o custo-teto estimado em planilha anexa por um ano de serviço é de R$ 9,3 milhões, o que geraria uma despesa mensal de aproximadamente R$ 780 mil.
Nilton Ribeiro, informou que apesar da publicação do edital, a prefeitura vê o transbordo ainda como um “plano B”. “Vamos seguir por outras vias para buscar uma solução que não onere tanto o município. Caso não haja saída, já teremos o processo de transbordo iniciado”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas