Entidades planejam manifestação

As discussões em torno da licitação esquentaram nos últimos dias com a mobilização de entidades de classe para tentar barrar o edital. Na tarde de ontem, foi realizada uma reunião na sede do Sindicato dos Comerciários de preparação para o ato público que será realizado nesta quinta-feira. Participaram dirigentes e representantes dos sindicatos dos Bancários, Metalúrgicos, Vigilantes, Funcionários Públicos Municipais, Professores, dos profissionais da saúde e trabalhadores das indústrias de distribuição de água, além de associações de bairros, Conlutas (Coordenação Nacional de Lutas) e CUT (Central Única de Trabalhadores).
A manifestação no Centro deve reunir pelo menos 200 pessoas, que estão sendo convocadas por meio de panfletos e inserções na mídia. Ônibus vão fazer o deslocamento de moradores de bairros, e pessoas de outras cidades do Estado são aguardadas. A expectativa é que a mobilização sirva de exemplo para locais onde ocorram impasses semelhantes. Após o ato, serão entregues na Prefeitura as assinaturas coletadas em abaixo-assinado contra o edital. “Não existe diferença entre concessão e privatização”, diz Afonso Schwengber, presidente do Sindicato dos Comerciários. “As pessoas querem melhorias no serviço, mas o sentimento é de que privatização não é o melhor caminho.” Segundo ele, o objetivo das manifestações é fazer com que o Executivo mude sua posição e abra diálogo com a Corsan.

Autor: Pedro Garcia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas