EMS quer entrar no pacote de licitações do governo

Presidente da farmacêutica, Carlos Sanchez, afirma após reunião com ministro da Fazenda que a empresa tem interesse em compor consórcio para arrematar rodovias
Nivaldo Souza – iG Brasília
Dona de uma participação na construção do Rodoanel de São Paulo, o grupo farmacêutico EMS demonstrou a intenção de compor consórcio para participar das licitações de 7,5 mil quilômetros de rodovias anunciadas pelo governo federal nesta terça-feira (15). “Estamos entrando nesse ramo há algum tempo e participaremos com certeza [da rodada de concessões]”, afirmou presidente do conselho de administração, Carlos Eduardo Sanches.
A afirmação foi dada após reunião com o ministro Guido Mantega (Fazenda), na qual o plano de concessões logísticas foi apresentado em detalhes para 53 empresários, líderes da iniciativa privada e executivos de alto escalão.
Sanchez não detalhou quanto a EMS estaria disposta a desembolsar, mas afirmou que irá consultar o conselho administrativo para apresentar uma proposta. “O modelo [de concessão] ainda não está detalhado, mas é inteligente porque vai aliar a experência do governo com o investimento privado”, afirmou.

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas